Leo Ar
Ser Universitario
 

Administração pública

Untitled Document

Resumo do Curso

Administração pública é, em sentido pratico ou subjectivo, o conjunto de órgãos, serviços e agentes do Estado, bem como das demais pessoas coletivas públicas (tais como as autarquias locais) que asseguram a satisfação das necessidades coletivas variadas, tais como a segurança, a cultura, a saúde e o bem estar das populações.

Ser um futuro administrador público exige muito. Não basta entender o País em que se nasceu. É necessário também saber resolver problemas complexos. A administração pública de hoje não é mais aquela do escritório fechado, de carimbos e papéis na mesa. Agora o administrador público precisa saber como fazer tudo. Desde as compras, passando pela gestão do dinheiro previsto no orçamento, até como atender uma família que perdeu tudo na chuva forte. Não é fácil, mas é desafiador.
Outra coisa importante é que não se é um administrador público somente dentro das carreiras do Estado. Além de médicos, fiscais, professores ou juízes que trabalham diretamente para o serviço público, depois de contratados por concursos públicos, há também outras organizações que precisam de administradores que pensem nos problemas da sociedade.
São as organizações não-governamentais (ONGs), os hospitais, que agora são organizações sociais, as entidades de classe, os sindicatos e aquelas empresas, tanto públicas como privadas, que pensam na sua responsabilidade social. Com os novos tempos, muito do que era somente do Estado é hoje também da sociedade.
Esses novos desafios exigem administradores públicos mais criativos, capazes de trabalhar em grupo, que conheçam bem como as dificuldades possam ser superadas e as decisões realizadas. Não há mais tempo a perder com exigências burocráticas sem sentido. O que se espera agora é que se use bem, com eficiên­cia e responsabilidade, aquilo tudo que é recurso público, seja escola, avião ou câmpus de universidade.
Os alunos que têm se formado em Administração Pública trabalham desde em órgãos federais, estaduais e municipais até em ONGs, consultorias para a área pública, empresas socialmente responsáveis, e ajudam a garantir a governança corporativa que hoje o mercado de capitais exige.

No Brasil

Dentro da organização da Administração Pública do Brasil, integram o Poder Executivo Federal diversas carreiras estruturadas de servidores públicos, entre elas as de:

  • Auditoria (Receita Federal, Previdência Social e Ministério do Trabalho);
  • Ciclo de Gestão (Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Analistas de Orçamento e Planejamento, Técnico do IPEA, Analista de Finanças e Controle);
  • Diplomacia (Diplomatas)
  • Militares (Forças Armadas);
  • Regulação Federal (Especialista em Regulação das Agências Reguladoras Federais - ANATEL, ANCINE, ANEEL, ANP, ANAC, ANTAQ, ANTT, ANVISA, ANS e ANA).
  • Segurança Pública (cargos de Delegado, Perito, Papiloscopista, Escrivão e Agente da Polícia Federal e Analista de Informações da ABIN)
  • Supervisão do Mercado Financeiro e de Capitais (Analista do Banco Central do Brasil, Analistas e Inspetor da CVM, Analista da SUSEP).
  • Carreira de Infraestrutura - carreira de analista de infra-estrutura e de especialista em infra-estrutura sênior.

 


Universidades / Faculdades que oferecem este curso de graduação

Não foram encontradas faculdades para este curso