Leo Ar
Ser Universitario
 

Engenharia de bioprocessos

Resumo do Curso

Biotecnologia é tecnologia baseada na biologia, especialmente quando usada na agricultura, ciência dos alimentos e medicina. A Convenção sobre Diversidade Biológica da ONU possui uma das muitas definições de biotecnologia:[1]

"Biotecnologia define-se pelo uso de conhecimentos sobre os processos biológicos e sobre as propriedades dos seres vivos, com o fim de resolver problemas e criar produtos de utilidade."

A definição ampla de biotecnologia é o uso de organismos vivos ou parte deles, para a produção de bens e serviços. Nesta definição se enquadram um conjunto de atividades que o homem vem desenvolvendo há milhares de anos, como a produção de alimentos fermentados (pão, vinho, iogurte, cerveja, e outros). Por outro lado a biotecnologia moderna se considera aquela que faz uso da informação genética, incorporando técnicas de DNA recombinante.

A biotecnologia combina disciplinas tais como genética, biologia molecular, bioquímica, embriologia e biologia celular, com a engenharia química, tecnologia da informação, robótica, bioética e o biodireito, entre outras.

Objetivo

A Engenharia de bioprocessos Forma profissionais capazes de planejar, desenvolver e gerir processos biotecnológicos (bioprocessos), tendo como perspectiva a preservação do ambiente, utilizando para tanto a fusão dos conhecimentos de engenharia de processos e de biotecnologia. A abrangência da atividade profissional engloba processos biotecnológicos nas áreas industrial, ambiental e agrícola, de acordo com a ênfase cursada pelo acadêmico.


Universidades / Faculdades que oferecem este curso de graduação

Não foram encontradas faculdades para este curso