Leo Ar
Ser Universitario
 

Engenharia óptica

Resumo do Curso

Engenharia óptica é a disciplina que aplica os princípios científicos da óptica a finalidades práticas como o projeto, construção e aplicação de instrumentos ópticos, sistemas e componentes.

Engenharia óptica Desenha e confecciona lentes oftálmicas e de contato por prescrição médica. Identifica, classifica e mede óculos e lentes de contato, segundo suas características: grau, diâmetro, espessura, curvatura e índice de refração. Identifica as medidas necessárias para a adaptação da lente à armação dos óculos e consequente ajuste ao rosto. Realiza as adaptações de lentes de contato. Executa a montagem das lentes no aro, seguindo as medidas preestabelecidas. Auxilia o cliente em relação à oferta de lentes disponíveis. Identifica os problemas de montagem, centralização e grau que dificultam a adaptação aos óculos, sugerindo possíveis medidas corretivas. Fornece assistência pós-venda ao cliente.

Nos últimos anos a ciência da óptica sofreu grandes transformações, com o surgimento dos lasers, fibras ópticas, optoeletrônica e outros desenvolvimentos. A engenharia óptica tem acompanhado estas mudanças e vem tornando-se uma disciplina cada vez mais importante para a tecnologia moderna. A crescente presença dos sistemas ópticos na vida quotidiana das pessoas ilustra bem este ponto: cada vez mais usamos câmera de vídeo, camcorders, aparelhos de áudio com discos laser, CD-ROMs e redes telefônicas com fibras-ópticas, todos sistemas que usam óptica em sua operação. A óptica e as imagens são fundamentais para a medicina moderna, como por exemplo em cirurgias a laser, ultrassonografia, tomografia computadorizada e endoscopia, entre outros. O escopo da fotônica inclui a emissão, transmissão, deflexão, amplificação e detecção de luz por componentes e instrumentos de óptica, lasers e outras fontes de luz, fibras ópticas, instrumentação eletro-óptica e outros sistemas sofisticados de hardware e software. Suas aplicações vão desde a geração e detecção de radiação luminosa até as comunicações e o processamento de informações. A engenharia óptica é parte fundamental neste campo tecnológico, uma vez que a maioria destes sistemas depende criticamente do uso de componentes e instrumentos de óptica.

A engenharia óptica pode ser dividida em especialidades, geralmente complementares, no sentido de que, para construir um sistema óptico se faz uso de cada uma delas em maior ou menor medida. As principais especialidades são:

  • Projeto de lentes
  • Projeto de instrumentos
  • Projeto optomecânico
  • Projeto optoeletrônico
  • Recobrimentos ópticos
  • Teste de sistemas e componentes
  • Fabricação óptica

Universidades / Faculdades que oferecem este curso de graduação

Não foram encontradas faculdades para este curso