Leo Ar
Ser Universitario
 

Engenharia sanitária

Resumo do Curso

A Engenharia sanitária é o ramo da engenharia que trata da exploração e do uso da água, dos projetos e das obras de saneamento básico e de saneamento geral, tais como sistemas de abastecimento de água, de esgotos sanitários , de limpeza urbana, aí incluídos os sistemas de tratamento.

O engenheiro sanitarista deve ter ampla formação nas áreas ambiental, de Hidráulica, de Hidrologia e de recursos hídricos, pois planeja e orienta o uso da água de bacias hidrográficas, elaborando Planos Diretores de Abastecimento de Água, de Esgotos Sanitários e de Bacias Hidrógráficas. Ele também elabora projetos de redes de água e de esgotos, irrigação e drenagem, além de projetar canais de escoamento. Este profissional também pode gerenciar a operação de Estações de Tratamento de Águas (ETA) e de Estações de Tratamento de Esgotos (ETE), que tratam águas poluídas ou contaminadas.

A organização, a iniciativa e o interesse por questões sociais, ambientais e ecológicas são alguns traços de personalidade que podem ajudar o profissional a ter sucesso no mercado de trabalho.

O engenheiro sanitarista pode atuar em empresas de consultoria voltadas à estudos e projetos de obras sanitárias (água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos), na criação de sistemas de irrigação, drenagem, saneamento e bombeamento, inclusive em emissários submarinos ou subfluviais.Pode ainda desenvolver Estudos de Impactos Ambientais (EIA-RIMA), em conjunto com uma equipe multidisciplinar.

O engenheiro sanitarista trabalha com o projeto, a construção, ampliação e manutenção dos sistemas de água e esgoto. Ele administra e gerencia as estações de tratamento, verificando qualidade da água, coleta de lixo, condições do esgoto. Avalia também os impactos que grandes obras terão sobre os mananciais.

O papel do Engenheiro Sanitarista e Ambiental é contribuir para a melhoria da qualidade Ambiental e para o Desenvolvimento Sustentado. Esta atuação se da através do desenvolvimento de soluções técnicas e de ações para reparar, prevenir e minimizar danos ao meio ambiente e promover a saúde ambiental.

Profissional / Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para o Engenheiro Sanitarista e Ambiental encontra-se em expansão em virtude do aumento da consciência ambiental, das pressões legais, das exigências de mercado e de preocupações nacionais e internacionais. O mercado potencial inclui prefeituras, secretarias estaduais e federais, órgãos de planejamento e controle ambiental, empresas públicas e sobretudo privadas.

Universidades / Faculdades que oferecem este curso de graduação

Não foram encontradas faculdades para este curso