Leo Ar
Ser Universitario
 

Gestão empresarial - comércio exterior (tecnologia)

Untitled Document

Resumo do Curso

O comércio internacional ou comércio exterior é a troca de bens e serviços através de fronteiras internacionais ou territórios. Na maioria dos países, ele representa uma grande parcela do PIB. O comércio internacional está presente em grande parte da história da humanidade, mas a sua importância econômica, social e política se tornou crescente nos últimos séculos. O avanço industrial, dos transportes, a globalização, o surgimento das corporações multinacionais, o outsourcing tiveram grande impacto no incremento deste comércio. O aumento do comércio internacional pode ser relacionado com o fenômeno da globalização.

O comércio internacional é uma disciplina da teoria econômica, que, juntamente com o estudo do sistema financeiro internacional, forma a disciplina da economia internacional.

São as técnicas utilizadas na relação de compra e venda de produtos e serviços com empresas do exterior ou órgãos governamentais de outros países. O profissional dessa área analisa as tendências do mercado, identifica as necessidades da empresa em que trabalha e também de seus clientes ou fornecedores no exterior, elabora estratégias de negócios e marketing que visam à lucratividade do negócio e define os meios de transporte mais favoráveis para a transação. Com conhecimentos de direito internacional, pode exercer a função de despachante aduaneiro, atuando no controle de importação ou exportação de bens ou mercadorias. Seu campo de trabalho também envolve atividades em instituições financeiras, entidades governamentais, departamentos de desenvolvimento econômico, empresas de câmbio, de seguro e de transporte. Pode, ainda, prestar assessoria no âmbito do marketing internacional, fazendo análise de mercado e de produto, muitas vezes adaptando mercadorias para diferentes culturas.

Dúvida do Vestibulando

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE FAZER UM BACHARELADO E UM TECNOLÓGICO?

Os cursos tecnológicos, além de terem duração menor, são focados e direcionados para uma área específica do comércio exterior (por exemplo, regulamento aduaneiro), atendendo muitas vezes à demanda de determinada região. Já os bacharelados oferecem formação mais completa e abrangente, habilitando o profissional para vários campos de atuação.

O mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o bacharel e o tecnólogo em Comércio Exterior está crescendo. Um dos grandes impulsionadores é a agropecuária brasileira - cuja participação na economia do país se expandiu em 2010. As melhores oportunidades estão no Rio de Janeiro e em São Paulo, que concentram grandes indústrias e muitas firmas exportadoras e importadoras, além do porto de Santos. Há uma demanda crescente na Região Sul, em razão do comércio com o Mercosul, e no Nordeste, por causa da instalação de novas indústrias e de investimento em portos como o de Suape, em Pernambuco, ou Mucuripe, no Ceará. O bacharel é requisitado para atuar nas áreas de logística, marketing e análise de negócios em empresas dos mais diferentes ramos, como alimentício, automotivo, frigorífico e de vestuário. Outro campo em expansão é o de assessoria e consultoria a empresas de pequeno e médio portes.

Salário inicial:R$ 1.200,00 (fonte: prof. Edson Torrens, da Univille).

O curso

Tanto na formação do bacharel quanto na do tecnólogo, os cursos mesclam matérias da área de exatas com as mais específicas da área de comércio exterior. No bacharelado estudam-se matemática financeira, administração, economia, contabilidade e estatística. O currículo ainda é recheado de disciplinas como direito internacional, logística, sistemas de importação e exportação, legislação tributária e aduaneira e negociações internacionais. Não ficam de fora sociologia, inglês (básico e avançado), espanhol (básico e avançado), ética e comunicação empresarial. O estágio é obrigatório no último ano.

Duração média:quatro anos.

Outros nomes:Comércio Ext. e Neg. Intern.; Comércio Intern.; Gestão de Comércio Intern.; Neg. Intern.

O que você pode fazer

Agenciamento de carga

Contratar frete e seguro internacional e acompanhar embarque e desembarque de mercadorias.

Análise

Servir de intermediário para o fechamento de contratos de compra e venda com empresas estrangeiras, de acordo com a legislação vigente.

Consultoria

Dar assessoria a empresas de médio e pequeno portes que desejam iniciar negociações internacionais.

Cotação

Fazer cotação de moedas internacionais e de produtos.

Gestão

Estudar e determinar o mercado com o qual se deseja operar e elaborar os objetivos e as metas da exportação.

Logística

Determinar como serão transportados os produtos.

Marketing internacional

Fazer análise de mercado e adaptar as mercadorias para a cultura local onde o produto será comercializado.


Universidades / Faculdades que oferecem este curso de graduação

Não foram encontradas faculdades para este curso