Leo Ar
Ser Universitario
 

Enade: 483 mil estudantes devem fazer o exame que avalia as universidades do Brasil

24/11/2014 - 08:11h

Untitled Document

Participam da prova alunos de 33 cursos superiores nas áreas de ciências exatas, licenciaturas e áreas afins

Enade: 483 mil estudantes devem fazer o exame que avalia as universidades do Brasil Adriana Franciosi/Agencia RBSFoto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

Concluintes de cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo de todo Brasil fazem neste domingo o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). A expectativa é de que 483,5 mil estudantes matriculados em 1,48 mil instituições de educação superior façam o exame. As provas começam às 13h.

Os estudantes terão quatro horas para responder ao exame e têm de permanecer no local da prova por pelo menos uma hora para poder assinar a lista de presença. Quem deixar o local antes, sem assinar a lista, será considerado ausente e ficará em situação irregular. O participante pode deixar a sala com o caderno de questões três horas após o início do exame.

Criado em 2004, a cada ano o exame avalia um grupo diferente de cursos com o objetivo de aferir o rendimento dos estudantes de cursos de graduação em relação ao conteúdo programático, suas habilidades e competências.

Os estudantes devem fazer o Enade para obter o diploma, no entanto, não existe um desempenho mínimo obrigatório para os alunos. O resultado do exame é usado apenas para compor índices que medem a qualidade de cursos e instituições de ensino superior.

Esta edição do Enade vai avaliar o desempenho de estudantes que tenham expectativa de finalizar a graduação até julho de 2015. Para tanto, precisam concluir mais de 80% da carga horária mínima do currículo até o fim do período de inscrição. Os avaliados são alunos de 33 cursos superiores nas áreas de ciências exatas, licenciaturas e áreas afins.

Também farão o exame estudantes de cursos superiores de tecnologia com expectativa de conclusão até o próximo mês e os de cursos superiores de tecnologia que tiverem cumprido mais de 75% da carga horária mínima do currículo, até o fim do período de inscrição.

A divulgação do boletim de desempenho dos participantes do exame está prevista para o segundo semestre do próximo ano.


Fonte: Agência Brasil



Mais notícias
Veja todas as noticias