Leo Ar
Ser Universitario
 

A 30 dias do Enem, veja sete itens essenciais na agenda dos candidatos

24/09/2015 - 07:00h

 
Confira as regras do exame

O G1 lista abaixo sete dicas essencias para a agenda dos candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O primeiro passo começa por reafirmar: nesta quinta-feira (24) começa a contagem regressiva de 30 dias. E nem tudo está fechado para a prova. Os mais de 7.746.057 candidatos inscritos ainda precisam descobrir seus locais de prova, separar os documentos corretos, focar na revisão de conteúdos, trocar experiências e se manter atualizados (veja etapas abaixo).

No primeiro dia de Enem, sábado 24 de outubro, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de 4 horas e 30 minutos. No domingo, 25, os estudantes terão 5 horas e 30 minutos para resolver questões de linguagens, códigos, matemática e fazer a redação.

Os candidatos isentos da taxa de inscrição que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o direito à isenção no exame de 2016. O objetivo da mudança no critério é diminuir o índice de abstenções.

Veja abaixo o que você não pode deixar de fazer:

1) Verifique seu cartão de confirmação

Cartão de confirmação do Enem 2014 (Foto: Reprodução/Inep)
Cartão de confirmação do Enem 2014 (Foto: Arquivo/Reprodução/Inep)


Pela primeira vez, o Ministério da Educação não vai encaminhar a versão impressa do cartão pelos Correios. A divulgação será exclusivamente no formato digital pelo site do Enem. Ainda não há data prevista, mas é preciso ficar de olho. O cartão, além de significar a confirmação de inscrição do candidato, traz o endereço de seu local de prova.

2) Reserve tempo para ir até o local onde será a prova

SÁBADO (8) - MACEIÓ (AL) - Portões são fechados ao meio-dia em Maceió para a prova do Enem (Foto: Jonathan Lins/G1)
Portões são fechados ao meio-dia em Maceió para a prova do Enem (Foto: Arquivo/Jonathan Lins/G1)

É preciso colocar na agenda nesses 30 dias ao menos uma visita (talvez duas, em dias diferentes) ao ponto onde será a prova. A visita é fundamenta para determinar qual o meio de transporte ideal e tempo necessário para chegar. Atrasos não são permitidos e os portões serão fechados às 13h (horário de Brasília).

3) Não esqueçar de verificar seus documentos


Candidato que não conseguiu fazer o Enem no ano passado porque levou o crachá da empresa (Foto: Giselle Dutra/ G1)


Para fazer as provas é necessário apresentar um documento de identificação original com foto. Se você, por algum motivo, está sem documento, vale a pena correr e providenciar.

Serão aceitos: carteira de trabalho, passaporte, carteira de habilitação e certificado de reservista. Não serão aceitos: certidões de nascimento e casamento, título de eleitor, carteira de estudante, crachás funcionais. Cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas, também não são aceitas.

O candidato que estiver sem o documento por motivo de perda, furto ou roubo poderá fazer as provas se apresentar um boletim de ocorrência expedido por um órgão policial, no máximo, 90 dias do primeiro dia de aplicação do exame.

4) Foque nos conteúdos com mais dificuldade

G1 Enem (Foto: G1)


Ainda dá tempo de estudar os conteúdos com mais dificuldade. É a hora de fazer exercícios, verificar as provas de anos anteriores, tirar dúvidas com Professores e pegar as últimas dicas. Como o Enem engloba todo o conteúdo do ensino médio e o volume do material é muito grande, estudar tudo agora seria impossível.

Porém aprender um pouco mais de uma disciplina ou outra ainda dá. O aplicativo G1 Enem traz vídeos divididos por áreas do conhecimento que podem ajudar nessa missão. A plataforma Geekie Games é uma opção para treinos com simulados. Livre-se das pendências e vá para as provas confiante e seguro.

5) Converse com quem passou pela experiência

Ambulantes aproveitam enem para vender agua, caneta, lápis e chocolate na porta da PUC Goiás, em Goiânia (Foto: Gabriela Lima/ G1)
Ambulantes aproveitaram Enem para vender agua, caneta, lápis e chocolate na porta da PUC Goiás, em Goiânia, no ano passado (Foto: Gabriela Lima/ G1)


O Enem é uma prova longa. Além de conhecimento e controle da ansiedade, ela exige resistência, principalmente se no dia do exame as temperaturas estiverem altas. Vale a pena levar água para se hidratar e pequenos lanches. Outra dica é conversar com quem já enfrentou com sucesso a maratona de provas. Ouvir experiências positivas de colegas e professores pode ser inspirador e deixar o candidato mais tranquilo.

6) Acompanhe o noticiário

Um índio utiliza um tablet durante sessão especial em homenagem aos povos indígenas no Congresso Nacional, em Brasília. Os índios presentes no plenário protestaram contra PEC que altera demarcação de terras (Foto: Evaristo Sa/AFP)
Índio utiliza um tablet durante sessão especial em homenagem aos povos indígenas no Congresso Nacional, em Brasília. Os índios presentes no plenário protestaram contra PEC que altera demarcação de terras (Foto: Evaristo Sa/AFP)

A prova não vai cobrar conhecimento sobre as atualidades. Porém, ler jornais, sites, revistas e se informar ajuda no desenvolvimento de um repertório para escrever uma boa redação. No ano passado o tema foi publicidade infantil e em 2013, os efeitos da implantação da Lei Seca. A redação é feita no segundo dia de prova, no domingo. Garantir uma boa pontuação é essencial para elevar a nota e ter mais chances de disputar vagas pelo Sisu.

7) Planeje tempo para relaxar

Rede em frente à praia do hotel (Foto: Gili Lankanfushi/Divulgação)
Rede em frente à praia do hotel (Foto: Gili Lankanfushi/Divulgação)

Cada aluno tem seu próprio ritmo, mas sobretudo a semana final deve ser período de desaceleração. Ok, não é preciso viajar para uma praia paradisíaca como na foto acima. Mas busque o melhor dentro de sua realidade. Os especialistas aconselham que os estudantes busquem atividades de lazer que não comprometam o sono. Nada de exagerar em baladas, mas aproveite para rever amigos. O período também deve ser aproveitado para manter a alimentação regrada: nada de exageros.


Fonte: G1



Mais notícias
Veja todas as noticias