Leo Ar
Ser Universitario
 

Candidato do AC fica sem nota na redação do Enem e contesta resultado

13/01/2016 - 21:00h

Candidato mostra que nota de redação do Enem está em branco (Foto: Lucicleudon de Melo/VC no G1)
Candidato mostra que nota de redação em branco
(Foto: Lucicleudon de Melo/VC no G1)

O funcionário público Lucicleudon de Melo, de 39 anos, de Rio Branco, há quatro anos presta o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Porém, na edição 2015, ele tomou um susto por não conseguir ver a nota da redação. Ele garante que fez o texto.

O acreano enviou a reclamação por meio da plataforma VC no G1.

De acordo com Melo, ele verificou que em seu resultado – liberado pelo Ministério da Educação (MEC) na última sexta-feira (8) – constam as notas de todas as outras disciplinas, menos da prova de redação.

O quesito afirma, conforme página de consulta, que ele estava presente, mas que a folha de resposta estaria em branco.

“No sistema está dizendo que minha redação ficou em branco, mas tenho convicção pura que fiz o texto. Sempre faço o Enem, escrevo e transcrevo primeiro a redação. A prova é tanta que só me deixaram sair depois que viram que tudo estava certo. Eu segui todos os parâmetros estabelecidos”, relata.

Com o objetivo de cursar história ou geografia na Universidade Federal do Acre (Ufac), o acreano diz que foi prejudicado, já que não consegue se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

 
Gabarito, correção e números.

“Estou me sentindo prejudicado, porque tenho convicção que fiz uma boa redação. Quero concorrer fazer uma faculdade, concorrer a uma das vagas, e não posso nem me inscrever”, acrescenta.

Nota da redação: O G1 entrou em contato com o Instituto Nacional De Estudos E Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pelo Enem, e foi informado que, para tirar dúvidas específicas sobre as notas, o candidato deve entrar em contato com a Central de Atendimento.

De acordo com o Inep, para ter acesso à central, o candidato pode consultar a opção Fale Conosco da página do Inepou no telefone 0800-616161 de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.


Fonte: G1



Mais notícias
Veja todas as noticias