Leo Ar
Ser Universitario
 

ENEM: O que fazer faltando poucos dias para as provas?

30/09/2015 - 10:00h

1 – Caminhe 1h20min por dia. O Enem é também uma prova de resistência. Por volta da 70a questão do primeiro dia você já estará cansado. O segundo dia é quase impossível cumpri-lo bem. O exercício físico aeróbico todos os dias, até o ENEM, irá aumentar sua resistência e a sua concentração. A melhor opção é fazer exercício todos os dias antes de começar a estudar – antes do estudo solitário, não antes do cursinho ou escola. Faça a caminhada também nos dias de prova. No do de prova acorde cedo e caminhe. Essa combinação de fatores ajuda a obter uma melhor nota.

2 – Faça uma reeducação alimentar de hoje até o dia da prova. Não coma bobagens desnecessárias e não entre em dietas neste período. Se alimente de forma mais fracionada, ao invés de fazer duas grandes refeições por dia. Coma entre  5% e 10% menos do que você precisa. Se você precisa de 2000 calorias por dia, coma apenas 1900 ou 1800. Se precisa de 2800 coma 2650 ou 2550.

3 – A partir de hoje mude seu horário de almoço. Isto é ainda mais importante para quem é do Norte e Nordeste e irá fazer a prova às 11h ou 12h. Você não deve ir para a prova sem almoçar, portanto precisa adaptar seu organismo desde já para almoçar mais cedo. Faça seu almoço no horário do intervalo de seu cursinho ou escola (costuma ser às 10h). Não importa se você irá comer marmita gelada agora, nos adias anteriores ao ENEM. O importante é você ter nota boa no ENEM. No dia do ENEM cada região do país precisará almoçar em um horário diferente, mas será algo entre 9h (no Norte) e 10h no Sudeste/Sul.

4 – Agora é hora de aumentar o ritmo de estudos. Se você estuda (me refiro ao estudo solitário) 4 horas por dia, passe pra 6. Se estuda 6 passe pra 8. Se estuda 8 horas passe pra 10. Se não estuda comece com duas horas por dia a aumente este tempo até chegar aos três dias anteriores ao ENEM. Estude inclusive no final de semana anterior ao ENEM.

5 – Nos três dias anteriores ao ENEM é hora de parar de estudar e se dedicar a fazer exercícios físicos e atividades prazerosas. Evite álcool e evite dormir muito tarde. Só dá certo estudar nos três dias anteriores à prova para aquelas pessoas que não estudaram durante todo o ano ou durante a vida. Quem estudou só irá diminuir sua nota se estudar estes dias, pelo aumento da ansiedade e nervosismo.

6 – Beba muita água nestes dias anteriores ao ENEM, pelo menos 2 litros de água por dia. Se ela estiver gelada, além de outros benefícios, você irá queimar 200 calorias por dia somente tomando água gelada.

7 – O Ginseng é uma planta cultivada no oriente cuja raiz é a parte mais consumida. É super fácil de encontrá-lo em lojas de produtos naturais. Além de ser bom para a saúde do coração, diminui o stress, reduz a fadiga e aumenta a concentração. O ideal é que seja puro, sem qualquer outra combinação na fórmula. Comece desde hoje a usá-lo. Se ele não te fizer nenhum mal, use-o também no dia da prova.

8 – Além de beber muita água, coma muita fibra de hoje até o dia da prova. Durante a prova beba também muita água.

9 – No dia da prova o açúcar que vai para seu cérebro precisa vir da alimentação, e não da transformação de gordura do seu corpo em açúcar. Por isto coma durante a prova, coma muito, coma mesmo, coma demaissss. Comece a fazer isto 30 minutos antes de começar a prova.

10 – De jeito nenhum estude nesses últimos dias assuntos que caem pouco na prova do ENEM, assuntos que não caem e assuntos que caem, mas que você tem muuuita dificuldade de aprender. No final do texto vou colocar um endereço de email para você receber questões, já separadas pelas competências cobradas pelo ENEM, para auxiliar sua revisão na reta final.

11 – Matemática é, das 4 provas objetivas, a que dá mais nota para o mesmo número de acertos. É o lugar onde, agora, mais você pode melhorar sua nota. Você até acha que não acerta várias questões de Matemática, mas a maioria das questões de matemática da prova são fáceis de acertar. Você poderá ver isto nas questões que vou mandar para seu email (confira o texto no final destas dicas). Matemática irá subir consideravelmente sua nota média. Lembre-se disto!

12 – Se você estuda várias horas por dia, não estude a mesma matéria durante todo o dia. Intercale matérias e a cada hora de estudo faça um intervalo de poucos minutos. Sua refeição já deverá estar fracionada durante o dia. Nos horários de estudo coma de duas em duas horas, ou de uma em uma hora – pequenas refeições, muito pequenas.. No resto do dia pode ser de três em três horas.  Coma pouco, mas coma sempre.

13 – Lembre que a Redação do ENEM sempre traz uma situação problema e que você precisa resolvê-la. Já olhe pra ela pensando nisto: A Redação é um problema e eu preciso dar uma proposta de solução ética para este problema. Na Redação você não irá fazer uma prova com o objetivo de tirar 1000. Você terá quer ir para a prova sabendo que a Redação é corrigida como se fossem 5 provas e que você quer tirar 200 em cada uma delas. No meu canal no YouTube (ENEM por Mateus Prado), eu tenho um vídeo que explica isto e mostra como fazer a Redação. É o segundo vídeo mais visto do meu YouTube, você pode assisti-lo aqui: http://bit.ly/1RdPC13
Caso deseje explorar outros vídeos e dicas em meu canal, basta procurar no YouTube por “ENEM por Mateus Prado”, ou clicar aqui: http://bit.ly/1NZJ9GM

14 – Você não pode começar a ler uma questão pelo enunciado ou pelo texto de suporte. Sempre, sempre mesmo, comece a ler a questão do ENEM (o item) pelo COMANDO.

15 – Leve um remédio para dessaranjo intestinal nos dias de prova, você nunca sabe se irá precisar. è natural ficar nervoso e passar por este problema. Até quem nunca precisou poderá passar por esta situação no dia do ENEM. Você não quer perder sua prova por causa disto, quer?

Quer questões para você fazer sua revisão final para o ENEM ? Mande um email para educador@mateusprado.org.br, com o título “Revisão ENEM” que eu retornarei o email com os links das questões para Revisão.

Mais informações sobre o ENEM no minha Fan Page “Entenda o ENEM – com Mateus Prado“.


Fonte: Estadão



Mais notícias
Veja todas as noticias