Leo Ar
Ser Universitario
 

MPF diz que não houve beneficiado com vazamento do tema da redação do Enem

12/02/2015 - 20:00h

  • Reprodução/Facebook


A investigação sobre um caso de vazamento do tema da redação do Enem 2014 (Exame Nacional Do Ensino Médio) foi arquivada nesta quarta-feira (11) pelo MPF-CE (Ministério Público Federal no Ceará). Para a procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues, nenhum candidato foi beneficiado com o vazamento.

O caso veio a público depois que um candidato compartilhou no Facebook uma foto com o tema da redação do Enem. A imagem foi enviada horas antes do início do segundo dia de provas. A polícia ouviu depoimentos de estudantes que participavam desses grupos do WhatsApp e eles confirmaram que receberam a mensagem antes da prova e replicaram a imagem para outros grupos.

Segundo a procuradora, não houve um esquema organizado antecipadamente com o objetivo de beneficiar candidatos. "O que ocorreu foi, a bem da verdade, uma notícia de forma bastante restrita e desorganizada, sem potencial para malferir o princípio da isonomia entre os concorrentes", disse.

Para o MPF, os candidatos envolvidos na investigação não teriam como ser beneficiados. Em um dos casos, o estudante não acreditou na mensagem e achou que se tratava de uma brincadeira que circulava nas redes sociais. Outro candidato só teve acesso à informação depois de concluir o exame e deixar o local de prova.

Desse modo, a procuradora decidiu pelo arquivamento do processo, já que "somente fatos deveras graves o suficiente para comprometer a legalidade e lisura do exame poderiam autorizar medidas tendentes à anulação das provas, e, desde que comprovado haver um número significativo de concorrentes se beneficiado da fraude".



Fonte: Uol



Mais notícias
Veja todas as noticias