Leo Ar
Ser Universitario
 

No AC, 23 detentos utilizaram nota do Enem para concluir ensino médio

30/01/2015 - 15:00h

Vinte e três detentos que estão no sistema prisional do Acre já utilizaram as notas obtidas no Enem 2014 para conseguir o certificado de conclusão do ensino médio, segundo dados do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen).

De acordo com a coordenadora de Educação do Sistema Prisional, Helena Guedes, o objetivo principal para a realização dos exames no sistema prisional costuma ser obter a elevação da escolaridade dos detentos. Para isso, os presidiários precisam ter uma pontuação mínima em cada uma das quatro provas objetivas (ciências humanas, ciências da natureza, matemática e linguagens).

"Os reeducandos têm que atingir 450 pontos em cada área de conhecimento e o mínimo de 500 pontos na redação para conseguir a certificação no ensino médio através do Enem", explica a coordenadora.

Ainda segundo ela, a pontuação é cumulativa. "Temos presos que se saem muito bem em algumas áreas e em outras não. Por isso eles podem ir se certificando parcialmente. A área em que ele obtém pontuação acima de 450, no ano seguinte não precisa mais fazer. É como se ele tivesse eliminado a disciplina", salienta.

Ao todo, 324 detentos no Acre se inscreveram no Enem 2014, desses 118 cumprem pena em Rio Branco. Segundo Helena, 24 tentaram conseguir uma vaga na Universidade Federal do Acre (Ufac) ou no Ifac através do Sisu, mas até esta sexta-feira (30) nenhum conseguiu garantir vaga.

Segundo a coordenadora, o resultado deve ser comemorado. "Levando em consideração que a maioria dos presos não estuda, que estão fora da sala de aula há muito tempo e o contexto em que eles vivem, no mundo do crime, foi um resultado muito bom", afirma.



Fonte: G1



Mais notícias
Veja todas as noticias