Leo Ar
Ser Universitario
 

6 dicas para escolher o destino perfeito para o seu intercâmbio

18/11/2015 - 17:02h

Ainda que seja muito empolgante, a decisão de fazer um intercâmbio exige muita reflexão, especialmente no que se refere à escolha do destino. É sempre um drama escolher entre tantos países incríveis e cheios de coisas que gostaríamos de conhecer, por isso é essencial pensar com cuidado e avaliar todas as opções.

Para ajudar você que já resolveu embarcar nessa aventura, mas ainda não sabe para onde ir, a Intercâmbio para Brasileiros (IPB) separou 6 dicas incríveis que vão facilitar esse processo. Confira:

1. Escolha o idioma

O primeiro passo – e que vai reduzir o filtro consideravelmente! – é escolher o idioma que você deseja aperfeiçoar durante a viagem. Se você tiver interesse em mais de um idioma, analise qual deles é mais importante para ajudá-lo a alcançar as metas que você estabeleceu nesse momento da sua vida. Com o idioma escolhido, vá em busca dos países cuja língua nativa é a mesma desejada por você.

2. Considere vantagens e desvantagens

Depois de listar os países possíveis para o seu intercâmbio, avalie quais são as vantagens e desvantagens de cada um. Nesse momento é importante pesar tudo: hábitos como alimentação e entretenimento, transporte, clima e custo de vida. Em geral, cidades menos badaladas que as capitais possuem o custo de vida mais baixo, pesquise algumas para comparar e planejar seu orçamento.

3. Defina seus objetivos

Obviamente seu objetivo principal é aperfeiçoar o conhecimento sobre a língua estrangeira, mas nós sabemos que isso não é tudo quando se trata de um intercâmbio. Vá além nessa avaliação, entenda o que você está esperando dessa experiência. Talvez você esteja buscando mais cultura ou talvez seu objetivo seja encontrar novas opções de entretenimento. Ou entrar em contato com a natureza! Existem mil possibilidades que vão nortear a sua escolha para esse ou aquele destino.

4. Defina o tempo de duração

Depois de entender quais são os seus objetivos você terá uma base mais concreta para determinar quanto tempo de duração terá essa experiência. Aqui é importante também levar em consideração o nível que você deseja atingir: se você está no nível básico e quer voltar no avançado, por exemplo, já deve saber de antemão que um mês não será suficiente. Quando estiver nessa etapa, procure ter em mente que qualquer duração é válida e poderá contribuir muito para o desenvolvimento do novo idioma e de diversas outras habilidades. Não desista do intercâmbio se você tiver apenas um mês disponível. Essa experiência depende mais da intensidade com que é vivida do que do tempo que ela dura.

5. Considere a sua personalidade

Cada etapa desse processo tem como objetivo principal filtrar a lista de destinos até você encontrar o que mais combina com você e para isso é essencial levar em conta também a sua personalidade. Você é uma pessoa mais agitada ou caseira? É expansiva ou mais reservada? É tímida ou faz amizades facilmente? Procurar um destino que tenha um estilo de vida parecido com o seu pode ajudar na adaptação e na vivência da experiência como um todo.

6. Lembre-se do orçamento

Sonhar com mil possibilidades para o intercâmbio é maravilhoso, mas também é essencial manter os pés no chão para não se frustrar. Saiba qual o orçamento disponível para investir nessa experiência e procure um destino que caiba dentro dele.

Leia também: 6 dicas para aproveitar ao máximo seu intercâmbio


Fonte: Intercâmbio para Brasileiros



Mais notícias
Veja todas as noticias