Leo Ar
Ser Universitario
 

Brasileiros participam de torneio de educação profissional em Londres

29/09/2011 - 08:59h

Vinte e oito estudantes de cursos técnicos e de aprendizagem profissional embarcam para Londres nesta quinta-feira (29) para representar o Brasil no 41º WorldSkills, a maior competição de educação profissional do mundo. As provas do torneio simulam desafios do dia a dia do trabalho em 46 profissões. O evento ocorre entre os dias 5 e 8 de outubro. 

Durante a competição, os estudantes mostrarão os avanços e a qualidade da educação profissional no Brasil. Organizado pelo WorldSkills International, que reúne instituições voltadas para a educação profissional de todo o mundo, o  WorldSkills ocorrerá no centro de exposições e convenções ExCel London. A competição bienal reunirá, este ano, cerca de mil estudantes de cursos técnicos profissionalizantes de 51 países e receberá mais de 150 mil visitantes.

Nas provas, os competidores precisam demonstrar habilidades técnicas e pessoais para executar as tarefas de sua profissão dentro de padrões internacionais de qualidade e do prazo estipulado.

Os brasileiros competem em 25 ocupações profissionais, como design gráfico, tecnologia da informação, mecatrônica, robótica móvel, eletricidade predial e industrial, entre outras. Dos 28 estudantes brasileiros, 23 são do Senai e cinco do Senac.

Seleção
Os competidores brasileiros foram escolhidos em um rigoroso processo de seleção, que começou com as etapas interescolares, regionais e nacional da Olimpíada do Conhecimento, torneio de educação profissional realizado a cada dois anos pelo Senai.

Para conquistar a vaga ao WorldSkills 2011, os vencedores da Olimpíada enfrentaram ainda outras duas seletivas, em que alcançaram os índices internacionais de qualidade, o que comprova que estão entre os melhores profissionais do mundo nas 25 ocupações que disputarão.  Com isso, estão prontos para levar o Brasil ao pódio, como ocorreu nas duas últimas edições do WorldSkills.

Em 2007, quando o torneio foi realizado em Shizuoka, no Japão, a equipe brasileira ficou em segundo lugar, atrás da Coreia do Sul. Em 2009, em Calgary, no Canadá, o Brasil ficou em terceiro lugar, atrás de Coreia do Sul e Irlanda.




Fonte: G1



Mais notícias
Veja todas as noticias