Leo Ar
Ser Universitario
 

Como escolher seu curso no exterior

31/01/2013 - 00:00h

Estudante deve avaliar preparação para estrangeiros, currículo do curso, entre outros critérios

Para escolher a facul é preciso ter critérios: avaliar a atuação ética, o quadro de professores, o credenciamento pelo MEC, entre outros. Mas e como saber se a universidade é de qualidade quando o assunto é fazer um Intercâmbio? Fique ligado!

Algumas dicas ajudam a encontrar a instituição mais adequada lá fora. Em primeiro lugar, é preciso saber se ela está preparada para receber estrangeiros. O número de alunos de outros países e um departamento exclusivo para atendê-los são bons indicativos de que há uma política de incentivo ao intercâmbio.

Para encontrar essas instituições, vale a pena participar das feiras estudantis, cada vez mais frequentes no Brasil. O jovem deve aproveitar a oportunidade para adquirir o máximo de informações e tirar todas as dúvidas sobre os estudos no país de destino. Há diferenças, por exemplo, entre os colleges e as Universidades.

Existem ainda os rankings internacionais de qualidade, como o THE (Times Higher Education) e o Shangai Ranking. A dica é cruzar os dados na avaliação, para filtrar a sua lista de opções, e não se guiar somente por esta classificação. Os rankings podem ter pegadinhas e o cuidado deve ser redobrado.

A escolha do curso também merece atenção especial. A grade curricular pode ser diferente e muitas instituições adotam um período de adaptação para o aluno acompanhar o ritmo das aulas.

Além disso, o diploma precisa ter compatibilidade com o curso brasileiro para ser validado. Por tudo isso, a pesquisa deve começar cedo. O ideal é que o interessado busque informações desde o segundo ano do ensino médio.

A cidade em que vai estudar, localização da facul, moradia e até atividades extracurriculares oferecidas devem entrar no planejamento. Os recursos financeiros e o objetivo ajudarão na escolha entre programa de intercâmbio rápido ou cursar a graduação toda no exterior.

Só nos EUA, são mais de 4.000 instituições. Fique de olho nos critérios e saiba como encontrar a mais adequada para você.

 


Fonte: Por Livia Fonseca Nunes / Convergência Comunicação



Mais notícias
Veja todas as noticias