Leo Ar
Ser Universitario
 

Dicas de Intercâmbio

08/04/2016 - 17:52h

Ainda está sendo um bom negócio investir num intercâmbio universitário? O fato é que, para garantir um bom estágio e para ser nota mil na vida acadêmica, fazer um intercâmbio ainda é um diferencial ímpar para o currículo e para  a vida do estudante.

Dados recentes da Associação Brasileira das Agências de Intercâmbio (Belta) apontaram que 234 mil brasileiros migraram para o exterior para participar de programas de intercâmbio em 2014.

“O International Office do IBMR orienta o estudante e o acompanha durante todo o processo de decisão sobre qual programa internacional ele deve buscar, inclusive que país e que instituição escolher; que disciplinas cursar e em que período de sua formação o intercâmbio será mais atrativo. Além disso, oferecemos curso de inglês com a certificação da Cambridge University Press”, explica a diretora acadêmica do IBMR, Lívia Lacerda.

Abaixo, a diretora acadêmica do IBMR Lívia Lacerda orienta como planejar e realizar um intercâmbio com sucesso. Ela explica que “além de ampliar globalmente a formação acadêmica, viver e estudar em um país diferente nos dá a oportunidade de experimentar valores, perspectivas, culturas e rotinas diversas. Mais do que falar outros idiomas ou conhecer outros países, nossos estudantes aprendem que a formação internacional requer o desenvolvimento da eterna admiração pelo que é novo e pela diversidade, compreendendo seu papel como cidadão global e desenvolvendo flexibilidade, criatividade e capacidade de superar desafios”, destaca a diretora do IBMR.

 DICAS DE INTERCÂMBIO, por Lívia Lacerda, diretora acadêmica do IBMR

  1. 1.     Invista seus estudos em tudo o que a universidade disponibiliza. Faça cursos, workshops, explore o máximo a grade extracurricular e a programação cultural. É uma maneira eficaz de conhecer alunos de outros países, falar o idioma e, principalmente, mergulhar no foco principal: os estudos.
  1. 2.     Desenvolva seu network – amplie sua rede de amigos na universidade. Isso vai te ajudar a exercitar o idioma estrangeiro e ampliar seus horizontes para descobertas do curso e da cultura local. Por isso, quanto mais amigos de outros países você conhecer, mais rica será sua experiência.
  1. 3.     Seja proativo e comunique-se – quanto mais se mostrar disponível para aprender e compartilhar informações, mais conhecimento você ganhará e menores serão os erros.  Essa característica é bem vista tanto no lado profissional quanto no pessoal.
  1. 4.     Planeje seu tempo – organização é fundamental. Mantenha foco máximo no plano de horários de estudo, que é o objetivo principal, e no lazer. Não ter isso em mente pode desperdiçar tempo, causar frustrações e prejudicar todo o sucesso profissional arquitetado. Morar num lugar confortável e perto da universidade também ajuda bastante.
  1. 5.     Informe-se da cultura local – conhecer as principais e mais básicas diferenças culturais pode te ajudar a evitar gafes tanto no dia a dia quanto na busca por boas oportunidades profissionais.
  1. 6.     Mantenha o controle financeiro – gastar mais que o necessário ou além do orçamento pode trazer ansiedade e estresse, fatores diretamente prejudiciais a uma boa jornada de estudos.
  1. 7.     Busque, antes de viajar, o máximo de informação sobre o país no qual vai estudar. Isso facilita bastante sua adaptação. É importante também ter um calendário com os feriados do país.
  1. 8.       Outra questão fundamental é o seguro-saúde internacional.

Fonte: www.ibmr.br



Mais notícias
Veja todas as noticias