Leo Ar
Ser Universitario
 

EXPO AUSTRÁLIA + NOVA ZELÂNDIA CHEGA EM SÃO PAULO

12/04/2016 - 18:33h

Feira com as melhores instituições de ensino da Oceania acontece em cinco capitais 

Não é de hoje que Austrália e Nova Zelândia aparecem entre os destinos preferidos dos estudantes brasileiros. E essa preferência é comprovada em números. Sabe quantos brasileiros estudam atualmente na Austrália? Cerca de 22 mil. Entre as cidades mais cobiçadas estão Sydney, Melbourne, Brisbane, Gold Coast, Cairns, Adelaide, Canberra e  Perth. Na Nova Zelândia, o número de “brazucas” também é expressivo. São mais de 5 mil estudantes espalhados pelas cidades de Auckland, Wellington e Queenstown. Desses estudantes brasileiros na Oceania, 5 mil foram enviados pelo programa Ciências Sem Fronteiras. 

De olho nos brasileiros, a LAE Educação Internacional traz este mês pela primeira vez ao Brasil a EXPO Educação Austrália + Nova Zelândia. Realizada desde 2010 na América Latina, em países como Chile, Colômbia, México, Venezuela, Equador e Peru, a edição brasileira visitará cinco capitais: Porto Alegre (10 de abril), Florianópolis (11 de abril), Rio de Janeiro (12 de abril), Belo Horizonte (14 de abril) e São Paulo (16 e 17 de abril).

Com entrada gratuita e uma proposta que tem como prioridade aproximar o estudante das Universidades e da cultura dos dois países, a EXPO Educação Austrália + Nova Zelândia terá a presença de 27 instituições de ensino australianas e 6 neozelandesas. Os visitantes encontrarão cursos de idioma, graduação, pós-graduação, cursos técnicos, mestrado, doutorado e treinamento em pesquisa. Além de cursos de especialização em áreas como administração de empresas, agricultura, artes, ciências biológicas, comércio exterior, direito, design, finanças, engenharias, gastronomia, inovação, marketing, meio ambiente e sustentabilidade, medicina, relações internacionais, tecnologia, turismo, veterinária, entre outras. “Quem visitar o evento encontrará as mais renomadas e respeitadas instituições de ensino da Oceania e receberá toda a orientação necessária para estudar nos países e informações mais burocráticas como emissão de vistos, processos de matrículas, opções de financiamento e dicas de como planejar e construir uma carreira acadêmica ou profissional”, revela Pedro Marchi, sócio e diretor de relacionamento da LAE. 

Para facilitar a vida dos visitantes, a feira desenvolveu um aplicativo, que pode ser baixado no momento da inscrição. Utilizando este recurso, o estudante receberá um match entre seu perfil e o perfil das instituições presentes. A intenção é fazer com que o visitante encontre com mais agilidade e precisão os programas e cursos compatíveis com o seu perfil. Palestras com ex-intercambistas e consultores educacionais acontecerão em todas as capitais. O evento tem o apoio da Embaixada Australiana e da agência governamental da Nova Zelândia.

Cinco motivos para estudar na Austrália e na Nova Zelândia

1 - O período do ano letivo nos dois países é igual ao do Brasil;

2 - Há possibilidade de trabalhar e estudar;

3 - O visto de trabalho e estudo libera 20 horas semanais sem limite de horas durante as férias;

4 - Tanto o dólar australiano (AUD)  quanto o dólar da Nova Zelândia (NZD) são mais baixos que o dólar americano e o euro;

5 - São países seguros e com baixo custo de vida.

Serviço

Porto Alegre - 10 Abril

Horário: 14h às 19h

Local: Associação Leopoldina Juvenil

Rua Marquês do Herval, 280 - Moinhos de Vento

Florianópolis - 11 Abril

Horário: 15h às 20h

Local: Hotel Majestic Palace

Av. Jornalista Rubens de Arruda Ramos, 2746 – Centro

Rio de Janeiro - 12 Abril

Horário: 15h às 20h

Local: Sofitel Rio de Janeiro

Av. Atlântica, 4240 - Copacabana

Belo Horizonte - 14 Abril

Horário: 15h às 20h

Local: Mercure Belo Horizonte Lourdes Hotel

Av. do Contorno, 7315 - Lourdes

São Paulo - 16 e 17 de Abril

Horário: Sábado – 13h às 19h

Domingo - 9h às 13h

Local: Tivoli São Paulo – Mofarrej

Al. Santos, 1437 - Cerqueira César

Sobre a LAE:

Durante 18 anos de profundo mergulho e especialização no mercado de educação global de ensino superior (Mestrado, Doutorado, PHD, etc) percebemos que a singularidade de construir e evoluir o conhecimento de uma pessoa não deve ser massificado e baseado apenas em um conceito de currículo padrão e nem em um processo que valoriza muito mais o resultado final do que a riqueza da jornada.

Acreditamos e construímos caminhos únicos de evolução educacional que fazem sentido. Ao invés de usar apenas critérios genéricos de melhor, mais popularizado e maior, buscamos na compreensão e entendimento das necessidades de nossos clientes a resposta para a construção de uma profunda e transformadora experiência educacional e vivencial.

Com mais de 30 unidades espalhadas pelo mundo, a LAE é formada por um time de curadores que buscam conhecer mais a cada dia sobre os diferentes métodos e instituições de ensino em nível global, conectando você às melhores oportunidades e caminhos para construção da experiência que faz mais sentido a partir da sua realidade, necessidade e vontade.

 

 


Fonte: expoaustraliaenovazelandia.com.br



Mais notícias
Veja todas as noticias