Leo Ar
Ser Universitario
 

Universidade abre inscrições para programa de bolsas Santander

01/04/2016 - 13:16h

Ex-aluna relata experiências vividas em intercâmbio

A Universidade de Taubaté (UNITAU), por meio da Pró-Reitoria Estudantil (PRE), concederá cinco bolsas de intercâmbio para os alunos da Instituição. O objetivo é proporcionar aos estudantes uma oportunidade de conhecer culturas estrangeiras e adquirir novos conhecimentos.

Para conseguir a bolsa o aluno deve fazer sua inscrição até o dia 10 de junho. O aluno precisa estar matriculado na Universidade e com os pagamentos regularizados. É necessário também ter nível elevado de espanhol. A inscrição é feita no site Santander: https://santanderuniversidades.com.br/bolsas/Paginas/bolsas-ibero-americanas.aspx.

Após a inscrição, o estudante deve imprimir o comprovante e entregar na Pró-Reitoria Estudantil, juntamente com as cópias do RG, CPF e passaporte válido. Os candidatos concorrem a cinco bolsas, que dão direito a estudar em um dos dez países parceiros.

Para mais informações, a Pró-Reitoria Estudantil está localizada na Av. Nove de Julho, n° 183, Centro, telefone (12) 3625-4180. Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Ex-aluna de Jornalismo relata experiências em intercâmbio

A estudante Maria Júlia Egreja, recém-formada em Jornalismo pela Universidade de Taubaté (UNITAU), retornou ao Brasil após passar sete meses estudando na Universidade de Porto em Portugal, uma das Instituições de Ensino mais tradicionais da Europa. A bolsa foi concedida pelo Fórmula Santander, um programa de Bolsa de Intercâmbio do Santander.

No período em que esteve em Portugal, Maria Júlia estudou Comunicação Digital e realizou um estágio em uma pequena fábrica na área de comunicação interna. A dedicação aos estudos, uma rotina que Maria Júlia já mantinha, precisou ser intensificada em Portugal, devido a rigidez dos padrões europeus.

De acordo com a estudante, a maior dificuldade que encontrou no país foi no momento das entregas dos trabalhos no final do ano. “O mais difícil foi quando fui entregar­­­ o trabalho de conclusão de curso na UNITAU, porque coincidiu com os trabalhos que estava fazendo em Portugal. Então eu tinha que fazer as atividades daqui e fazer as correções dos meus trabalhos da Faculdade de lá.” Maria Júlia, mesmo estando em Portugal, participou da banca do Trabalho de Graduação (TG) via skype.

Após retornar ao Brasil e com diversas experiências em sua bagagem, Maria Júlia afirma que foi a melhor oportunidade que ela já teve na vida e incentiva aqueles que pretendem fazer intercâmbio. “Quem não tenta intercâmbio está perdendo uma oportunidade incrível, foi a melhor experiência que tive”, disse. “Quem não fez a prova, faça. Porque o máximo que pode acontecer é você não passar”, finaliza.


Fonte: Unitau


Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias