Warning: getimagesize(http://www.seruniversitario.com.br/emkt/news-6-sem/news-06-03_12.jpg): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/wwwseru/public_html/includes/classes/ImageMigrant.class.php on line 171

Warning: file_get_contents(http://www.seruniversitario.com.br/emkt/news-6-sem/news-06-03_12.jpg): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/wwwseru/public_html/includes/classes/ImageMigrant.class.php on line 84
Ser Universitario
 

Warning: getimagesize(http://www.seruniversitario.com.br/emkt/news-6-sem/news-06-03_12.jpg): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/wwwseru/public_html/includes/classes/ImageMigrant.class.php on line 171

Warning: file_get_contents(http://www.seruniversitario.com.br/emkt/news-6-sem/news-06-03_12.jpg): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/wwwseru/public_html/includes/classes/ImageMigrant.class.php on line 84

Aplicativo gratuito permite fazer simulado de provas da OAB

07/03/2014 - 10:20h

Programa com 700 questões pode ser instalado em tablets e smartphones.

A FMU lançou quinta-feira (9) passada, um aplicativo com questões do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O app tem mais de 700 testes aplicados em provas realizadas até o primeiro semestre deste ano.

Para responder às questões, o estudante deve entrar no aplicativo e selecionar a prova que deseja fazer. A resposta certa de cada pergunta, então, aparece assim que alguma das alternativas é assinalada. Ao fim da prova, é possível compartilhar o resultado nas redes sociais.

O app já está disponível na Apple Store, para iPhones e iPads, e na Google Play, para tablets e smartphones com sistema operacional Android. Segundo o diretor de Marketing da FMU, Wilson Diniz, este é o segundo aplicativo lançado pela instituição. O primeiro foi uma cartilha sobre bullying. Na próxima semana deve ser lançado um preparatório para o Enem e para os vestibulares.

“A gente vem percebendo que hoje o grande público tem acesso a internet e a aparelhos móveis e consideramos que o ensino não pode ficar só na sala de aula”, afirma Diniz. Segundo ele, apenas na primeira meia hora disponível houve mais de 100 downloads do aplicativo.


Fonte: Estadão


Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias