IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE
 

Android

5 dicas para evitar malwares

16/07/2011 - 07:50h

O número de aparelhos rodando Android cresce a cada dia. De acordo com Andy Rubin, vice-presidente sênior de Mobile no Google e criador do Android, 500 mil novos aparelhos são ativados por dia em todo o mundo. Com esse crescimento, o interesse na plataforma aumenta e hackers veem aí maiores chances de atacar. Pensando nisso, o pessoal da PC World/EUA listou cinco dicas para manter os aparelhos longe de programas maliciosos. Confira abaixo os cuidados que você deve ter ao baixar aplicativos em seu smartphone.

1. Pesquise

Procure se informar a respeito do desenvolvedor do aplicativo que queira baixar. Ele tem seu próprio site? E os outros programas, também são confiáveis? Se não for o caso, é melhor desistir do download. Leia as análises, mas lembre-se que as opiniões publicadas na Android Market nem sempre são fidedignas. O melhor é procurar em outros portais – principalmente os de reputação – o que se fala sobre os softwares.

2. Permissões

Sempre que baixar um programa ou atualizá-lo, você verá a lista de permissões que ele exige pra ser instalado. Preste atenção: um alarme, provavelmente, não precisa de acesso aos seus contatos. A questão é simples. Se um software pedir por mais do que precise, é melhor deixá-lo de lado.

3. Evite instalar pacotes

Quando o Angry Birds chegou ao Android, você poderia baixá-lo a partir de uma loja alternativa e instalá-lo com um arquivo APK. Embora o jogo, obviamente, não seja um malware, não é recomendado carregar essa extensão a partir de sites não oficiais. Na maioria dos casos, você não saberá o que há neles e, quando souber, talvez seja tarde demais.

4. Antivírus

Proteja seu smartphones com um software antivírus. Há empresas renomadas que os oferecem, e alguns são gratuitos. O Lookout Mobile, por exemplo, faz uma varredura no sistema para garantir que nenhuma praga o está corrompendo. Além disso, programas do tipo, em geral, possuem uma ferramenta para localizar o celular em caso de perda ou mesmo para apagar dados pessoais.

5. Scams

Acredite ou não, seu smartphone é alvo de phishingscams, sites maliciosos e downloads não requisitados, tal qual seu PC. Portais suspeitos costumam pedir informações pessoais do usuário, mas piores são aqueles que instalam, automaticamente, um malware no sistema e, a partir daí, obtêm o que querem.

Se você seguir esses passos simples – e sempre mantiver um olhar atento sobre o aparelho -, estará em melhores condições de aproveitar todo o potencial de seu smartphone.

Com informações do IDG Now!

Fonte: Impacta
Tags:
STONE EMPREENDEDOR