IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE
 

Como utilizar a vida útil de suas baterias

Por Adam Junqueira

22/10/2013 - 17:07h

Baterias











A história se repete e, assim como a ideia das pilhas no congelador da geladeira, todo mundo já deve ter ouvido pelo menos umas cinco teorias diferentes de como carregar seus dispositivos móveis de modo a preservar a vida útil da bateria. Há muita confusão nessa questão, principalmente devido à diferença entre as baterias de íons de lítio e as antigas, de níquel, conhecidas como “baterias viciadas”. De qualquer forma, uma máxima é verdadeira: carregar baterias incorretamente pode diminuir sua longevidade. A maioria das baterias de lítio tem a capacidade de durar alguns anos, mas o cuidado impróprio diminui sua vida útil, fazendo com que ela fique incapaz de se manter carregada – ou manter tanta carga quanto poderia – mais rápido.

Seguem algumas dicas para alongar a saúde de sua bateria o máximo possível:

Faça descargas incompletas

Ao invés de descarregar completamente o tempo todo, as baterias de íons de lítio funcionam melhor quando você as descarrega um pouco e então carrega um pouco. Estudos e testes feitos pelo site Battery University mostram que descargas de 50% são melhores para conservação em longo prazo da bateria do que pequenas descargas de 10% ou descargas completas, uma vez que proporcionam uma média maior de “ciclos para uso”.

Exemplificando, se levar 5 horas para gastar 10% da bateria, 4700 ciclos (de descarga) lhe dão uma vida útil de mais ou menos 980 dias. Se levar 10 horas para gastar 25% da bateria, 2500 ciclos lhe dão uma longevidade de 1041 dias. Se levar 20 horas para gastar 50% da carga, 1500 ciclos lhe dão 1250 dias de conservação. Agora a pior parte: se levar 36 horas para gastar 100% da bateria, 500 ciclos lhe garantiriam uma vida útil de apenas 750 dias. Ou seja, a melhor opção é deixar o aparelho carregando durante a noite e gastar 50% da bateria durante o dia.

Não carregue completamente

Similarmente, as baterias de íons de lítio não precisam ser carregadas 100%. Na verdade, é melhor não carregá-las completamente – portanto a regra de 40%-80% que falam por aí é uma boa medida. Sempre que possível, mantenha-a nessa faixa para prolongar sua vida ao máximo possível. E se carregá-la até 100%, não a deixe ligada na energia. Isso é algo que a maioria de nós faz, e embora alguns aparelhos tenham dispositivos que permitem que a bateria descarregue um pouco quando carregada 100% para não sobrecarrega-la, mantê-las conectadas diminui sua capacidade máxima muito mais rápido. Não é uma questão de peças ruins ou do circuito de carregamento – é uma reação química/física da bateria, que aumenta sua temperatura. A pior condição para se manter uma bateria carregada é em temperatura elevada, o que ocorre muito com baterias de notebooks, causando um estrago em suas vidas úteis.

Descarregue completamente uma vez por mês

Essa parece contraditória, mas mesmo que as baterias de íons de lítio não devam ser descarregadas regularmente, a maioria das baterias modernas são conhecidas como “baterias inteligentes” por conta de sua capacidade de dizer quanto tempo você tem até que ela descarregue completamente (Exemplo: 1 hora, 25 minutos restantes). Esse atributo pode ficar descalibrado após várias descargas incompletas, então é recomendado que seja descarregada completamente uma vez por mês para se manter precisa.

Mantenha a bateria fria

Calma, não é para por a bateria no congelador como você fazia com pilhas velhas! Muitas pessoas não dão atenção para esse aspecto, mas o calor excessivo não é só ruim para o processador (e seu colo), mas para a bateria também. Uma bateria quente estraga muito mais rápido do que uma fria. Por isso, é muito recomendado usar apoios quando usar notebooks e manter celulares fora de bolsos e lugares apertados. Quando utilizar um carregador veicular, não conecte o celular quando a temperatura dentro do veículo estiver alta. Aguarde o interior do veículo esfriar antes de plugar o aparelho.

 Seguindo essas dicas, a bateria de seus dispositivos móveis irá durar muito mais. Dito isto, lembre-se que não é necessário ser super rigoroso com essas coisas. Não abra mão de praticidade só para manter sua bateria viva – se estiver em situações onde não tenha um carregador, tudo bem descarregar até 0%, ou carregar 100% ao pegar um voo longo.


Fonte: Impacta
Tags:
STONE EMPREENDEDOR