Enem Unip
Ser Universitario
 
STONE
 

Pontos quânticos:

serão eles os substitutos das TVs 3D?

21/12/2011 - 06:54h

O 3D mal chegou à sala de estar e outra tecnologia pode tomar seu lugar nos próximos meses. Trata-se do QD (em português, “Pontos Quânticos”), uma tecnologia para reprodução de imagens feita a partir da emissão de luz de minúsculos cristais, que são 100 mil vezes menores que a largura de um fio de cabelo. Ao mudar o tamanho desses cristais, os cientistas descobriram ser possível manipular a cor da luz que eles produzem, o que acaba gerando um efeito mais colorido e natural na exibição. A tecnologia foi desenvolvida por um grupo de pesquisadores e permitiria a fabricação de televisores ultra-finos, flexíveis e ainda com capacidade de resolução maior que o 3D. Em entrevista ao jornal “The Telegraph”, Michael Edelman, diretor executivo da companhia Nanoco, explica que a verdadeira vantagem desse recurso é a possibilidade de serem impressas numa folha de plástico e facilmente enroladas ou dobradas pelo usuário A utilização de nanocristais garante uma produção mais limpa e menos nociva ao meio-ambiente. Além disso, os aparelhos com QD-LEDs podem chegar a consumir cerca de 30 a 50% a menos de energia elétrica do que aparelhos que utilizam LCD.

Fonte: Impacta
Tags:
Visa dia dos Pais