IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE
 

PROFESSORES DISCUTEM A CRIAÇÃO DA TRILHA DA IMACULADA

Grupos de trabalho farão pesquisas sobre diferentes temas ligados ao projeto

25/11/2014 - 12:18h

Untitled Document

Representantes de diferentes setores da Universidade de Taubaté se reuniram na tarde de segunda-feira, dia 24, para discutir a atuação da UNITAU no projeto Trilha da Imaculada, iniciativa liderada pelo músico Renato Teixeira que prevê a criação de um caminho ecológico e cultural entre cidades da região.

Foi definida no encontro a formação de grupos de trabalho, que deverão formatar um projeto básico nas seguintes áreas: história e cultura, marketing turístico, topografia, impacto sócio-econômico e viabilidade econômica.

Os núcleos deverão sugerir um traçado básico da Trilha, mostrando a importância cultural dos pontos pelos quais ela passará, como o roteiro pode ser um negócio para comerciantes ao longo dele, como poderá ser divulgado, quais impactos trará para as cidades e qual o melhor traçado geográfico para ele. Uma das ferramentas que será utilizada para esse último projeto é o drone, que permitirá o mapeamento aéreo da área que se pretende utilizar.

Participaram da reunião o Reitor, Prof. Dr. José Rui Camargo, o Pró-reitor de Extensão, Mario Celso Peloggia, o presidente da Funac (Fundação de Arte, Cultura, Educação, Turismo e Comunicação), Prof. Dr. José Felício José Felício Goussain Murade, o diretor do Departamento de Ciências Sociais e Letras, Prof. Me. Eduardo Carlos Pinto, e o Prof. Me. Sérgio Lousada, dos cursos de Engenharia Civil e Ambiental.

Em dezembro será realizada uma nova reunião, para que os grupos apresentem os avanços já realizados em relação ao projeto. Posteriormente, ele será apresentado para os organizadores da iniciativa.

A proposta da Trilha é ser um roteiro ecológico e cultural que ligue as cidades de Caçapava, Taubaté, Tremembé, Pindamonhangaba, Roseira, Aparecida e Guaratinguetá. O caminho unirá pontos turísticos e culturais dos sete municípios, com o objetivo de valorizar a história e os atrativos do Vale do Paraíba. Entre os pontos estão igrejas, construções históricas e monumentos.


Fonte: Unitau
Tags:
STONE EMPREENDEDOR