IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE
 

Recém-formado pelo UNIFESO trilha novos caminhos de sucesso

Rafael Pacheco Fernandes é um sujeito movido a paixão.

08/01/2013 - 07:29h

Enquanto estudava, cultivou também a paixão pelo esporte. “Não tinha intuito de virar maratonista até que fiquei em primeiro lugar na Olimpíada Integrada do UNIFESO no meu primeiro ano de faculdade. Desde então não parei mais, a corrida passou a fazer parte da minha vida”, confidenciou o atleta à época.

 Batalhando sempre, concluiu o curso em 2012, e teve que antecipar a colação porque, seguindo outra paixão, desta vez o estudo de História, mudou-se para Caxias do Sul, onde vai estudar na Universidade Caxias do Sul (UCS). “Eu tenho interesses diversificados, e quando me interesso por alguma coisa levo até o fim. Por exemplo, em 2009 eu me inscrevi para participar de uma corrida de 10 km, e era para isso que eu treinava. Após essa corrida, apareceram uma maratona (42 km) e uma meia-maratona (21 km) no mesmo dia. Eu ia me inscrever para a meia-maratona, mas as inscrições foram encerradas e eu acabei correndo a maratona, chegando em sexto lugar na categoria 20/24 anos. No UNIFESO tive apoio para poder participar de competições, e agradeço à Raquel e ao Lucas, da Gerência de Comunicação e Marketing, que me ajudaram a conseguir contatos e patrocínios”.

O grande volume de tarefas do final do curso fez com que Rafael se afastasse das competições, mas não dos treinos, e ele já está se preparando para fazer parte das equipes da UCS. “A universidade desenvolve um programa esportivo muito bom, suas equipes participam de competições em nível nacional e internacional e eu espero em breve me qualificar para competir também”.

 O interesse por história se associou ao desejo de morar em um estado brasileiro onde as tradições regionais fossem cultivadas intensamente. A bússola apontou para o Rio Grande do Sul, e em seguida para Caxias do Sul, onde Rafael se informou sobre o curso que desejava fazer. Só faltava uma coisa: um emprego, e esse apareceu por conta da indicação de um advogado de São José do Vale do Rio Preto, onde Rafael foi estagiário no cartório do fórum. Esse advogado contatou um amigo que tem escritório em Caxias do Sul, a vaga existia e a Rafael coube então solicitar a antecipação de sua colação de grau e fazer as malas.

“Esse emprego no escritório jurídico é algo pelo que sou muito grato, mas já estou sabendo que em Caxias do Sul funciona uma divisão do tribunal de justiça do estado que cuida da restauração de documentos antigos e raros, e é lá que eu pretendo trabalhar”, diz Rafael, definindo sua próxima meta.


Fonte: Unifeso
Tags:
STONE EMPREENDEDOR