Enem Unip
Ser Universitario
 
STONE
 

Seminários na China

ampliam visão sobre a educação superior.

09/01/2012 - 09:24h

Pequim, Shangai e Hong Kong foram as cidades visitadas pelos participantes dos seminários organizados pelo curso de Gestão Universitária do UNISAL, entre os dias 10 e 20 de novembro. O grupo que viajou para a China era formado por 20 pessoas de 9 diferentes IES (USP, Universidade Federal de Santa Catarina, PUC-Campinas, Universidade São Francisco, FATEC, Faculdade de Tecnologia GAP de Anápolis, UNISALESIANO, Faro e UNISAL), e tinha como objetivo principal participar de 2 seminários: Jio Tong Shangai University e The Hong Kong Institute of Education. Alguns dos temas dos seminários foram: mercado competitivo; Governança, Gestão e liderança para universidades; Educação Superior na China: uso inovador da tecnologia; e competitividade dos países asiáticos, entre outros. O organizador dos seminários, Professor Fábio José Garcia dos Reis, Diretor de Operações do UNISAL Lorena, ficou fascinado com o país, com o dinamismo e o crescimento da China, que poderá ter, nos próximos anos, universidades de relevância mundial. Hoje, o país tem cerca de 30 milhões de universitários e 2.300 IES. O prof. Fábio explica que “o sistema de educação superior chinês transformou-se após a reforma educacional de 1985. O governo tem normas de controle e supervisão do sistema, como, por exemplo, a abertura de vagas em cursos de interesse do Estado. Há um sistema de avaliação obrigatório das instituições e dos cursos de graduação e pós-graduação”. O Estado financia em torno de 45% do orçamento das universidades, e o restante é financiado pelas anuidades, doações e parceria com o setor privado. O governo chinês, acrescenta o diretor, pretende transformar um conjunto de universidades em instituições competitivas globalmente. Para isso, investiu na formação internacional de pessoas capazes de governar as universidades e de serem professores e pesquisadores. Os integrantes do grupo brasileiro sentiram-se impressionados com a realidade do país e sua busca pela construção de um modelo asiático de ensino superior. A viagem e os seminários ensinaram bastante, e uma das lições, como afirma o Prof. Fábio, é que o Brasil “precisa ‘olhar o futuro’, pensar globalmente, estabelecer vínculos de cooperação e formar pessoas preparadas para atuar em um ambiente internacional, inclusive na questão da língua”. O curso de Gestão Universitária realiza anualmente os módulos internacionais. Para 2012, estão programados seminários na Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e na Universidade de Toronto, no Canadá, de 9 a 18 de novembro. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail Fátima.medeiros@lo.unisal.br

Fonte: Unisal
Tags:
Visa dia dos Pais