IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Contratos bloqueados do Fies podem ser corrigidos em até 6,4%

13/02/2015 - 03:01h

Diante da polêmica com as instituições de ensino, o Fies, o financiamento oferecido pelo Governo Federal para estudantes Universitários que não têm condições de bancar os estudos. Sem conseguir renovar o contrato, ele pagou a primeira mensalidade inteira para não ficar inadimplente.

No ano passado, o governo gastou quase R$ 14 bilhões com o programa. Hoje, 1,9 milhões de estudantes estão no Fies, mas a maioria ainda não conseguiu confirmar o financiamento para este semestre porque o Ministério da Educação bloqueou o programa para as instituições que reajustaram as mensalidades acima de 4,5%, medida que foi defendida pelo ministro Cid Gomes.

?Qual foi a inflação no Brasil nos últimos seis meses? Faculdades que tiveram aumentos superiores ao que é a inflação, esses casos estão sendo colocados à parte para que haja uma explicação por parte das Universidades?.

O diretor da Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior, Sólon Caldas, que reúne cerca de mil instituições, diz que as escolas fizeram o planejamento para este ano em dezembro e que, agora, não sabem como será 2015.

Diante da polêmica, o MEC decidiu reavaliar o índice de reajuste  das mensalidades e anunciou que  os contratos do fies poderão ser corrigidos em até seis vírgula quatro por cento. Acima desse índice, a instituição será excluída do programa. O Ministério também  vai reabrir , pela internet, as inscrições para novos  candidatos ao fies. O prazo vai do próximo  dia 23 deste mês até o dia 30 de abril.

Clique aqui e acesse outras informações sobre o Fies, inclusive o procedimento para solicitar o financiamento.



Fonte: G1

Mais notícias
Veja todas as noticias