IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

A menos de um mês do Enem, aluno deve fazer simulado e revisão

20/10/2014 - 16:01h

A menos de um mês do início das provas dos grandes vestibulares, como Fuvest e Enem (Exame Nacional Do Ensino Médio), os vestibulandos devem reduzir um pouco o ritmo e focar em revisões e em simulados. É o que acreditam especialistas ouvidos pelo UOL. O Enem, que inaugura a temporada dos processos seletivos, acontece nos dias 8 e 9 de novembro.

Para Maria Beatriz Loureiro de Oliveira, coordenadora do Serviço de Orientação Vocacional da Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) de Araraquara, este período é para reforçar a assimilação dos conteúdos. 

"Esse processo é menos dolorido e mais rápido. Quando o estudante quer aprender algo que ainda não está assimilado, é um desgaste", analisa. "Por isso agora é importante que ele faça revisões."

A educadora Andrea Ramal acredita que um dos melhores métodos de revisão é praticar com provas anteriores. Para isso, ela recomenda que o aluno responda cada questão mentalmente antes de olhar as alternativas. "Se não souber, não chute. É bom pesquisar até descobrir a resposta correta", diz. 

Os simulados também são uma boa forma de estudo nesta reta final para os vestibulares. "Faça treinos como se estivesse no próprio dia da prova, sem consulta e trabalhando direto até terminar o teste. Cronometre o tempo de prova para ter certeza de que, no dia, você saberá administrá-lo bem", aconselha Andrea.

É necessário tomar ainda cuidados com o ambiente de estudos. Ele deve ser bem arejado, com muita luz e pouco barulho. "Nesse momento é bom avisar aos amigos que você estará desligado das redes sociais por algumas horas. Só assim você vai conseguir se disciplinar", acredita Maria Beatriz.

Ansiedade

Maria Beatriz, da Unesp, acredita que não seja hora de acelerar os estudos, uma vez que a ansiedade só aumenta e o estudante pode começar a ter, por isso, dificuldades em fixar conteúdos que já havia entendido. "A história do branco na hora da prova é verdadeira. O fator emocional é muito emocionante", diz.

Para evitar que esse tipo de coisa aconteça, são recomendadas atividades relaxantes, como a leitura de livros, jornais e a prática de esportes.

"É muito bom fazer leituras que o agradem. Como ele precisa estar bem atualizado, pode ser lendo um jornal. Mas não precisa tentar saber tudo que está acontecendo no Afeganistão, por exemplo. Não leia porque você precisa, leia porque você quer", diz.



Fonte: Uol

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias