IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Canto lírico tem mais candidatos por vaga que engenharia da Unesp

11/02/2015 - 06:01h

Quem tentou e não conseguiu diz não pensar em desistir (Foto: Kazuo Watanabe/ Conservatório de Tatuí)
Quem tentou e não conseguiu diz não pensar em desistir (Foto: Kazuo Watanabe/ Conservatório de Tatuí)

O número de candidatos que buscam uma vaga no curso de canto lírico do Conservatório de Tatuí (SP) supera a relação de candidatos para as vagas do curso de engenharia de produção na Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Itapeva (SP). O curso oferece cinco vagas que são disputadas por 131 candidatos, uma média de 26,2 candidatos por vaga; enquanto que o curso de engenharia de produção tem 1.026 candidatos para 40 vagas, uma média de 25,6.

Curso de engenharia de produção da Unesp tem 25 candidatos por vaga (Foto: Divulgação/ ACI Unesp)
Curso de engenharia de produção da Unesp tem
25 candidatos/vaga (Foto: Divulgação/ ACI Unesp)

Em sala de aula, alunos aprendem técnicas de canto (Foto: Kazuo Watanabe/ Conservatório de Tatuí)
Em sala de aula, alunos aprendem técnicas
(Foto: Kazuo Watanabe/ Conservatório de Tatuí)

De 131 candidatos de todo o país, apenas dez passaram para fase de audição. A adolescente Fernanda Soares Dias, de 17 anos, é uma das participantes. Enquanto os adolescente da idade dela estudavam para o vestibular, ela treinava para o primeiro concurso de canto. Nervosa e ansiosa, espera pela chance de realizar um sonho que vem desde a infância. ?Desde menina é meu sonho trabalhar como cantora. Até fiz vestibulares, mas meu foco maior é na música. Minha família dá o maior apoio, desde 2012 faço aulas de canto. Escolhi canto lírico, pois é o curso que mais capacita o cantor, desde técnicas vocais a postura?, explica.

Gratuito, o curso tem duração de quatro anos, podendo se estender para seis caso o aluno opte por especialização. Os formandos podem trabalhar desde óperas, corais até canto popular. Outro candidato do curso, o Professor de idiomas Filipe Félix Menechini, espera sair do atual trabalho e ser músico. ?É a coisa que mais almejo atualmente. Já me apresento amadoramente, mas viver profissionalmente como cantor seria um sonho, uma bênção de Deus?, afirma.

A professora de canto lírico Marilane Bousquet realizou as audições e ressalta que os testes práticos são importantes para os Professores avaliarem o potencial dos futuros estudantes. ?Nós examinamos a aptidão vocal do aluno, também o fator afinação. As possibilidades com o material vocal que tem?, afirma.

Enquanto os aprovados do curso de engenharia de produção estão realizando as inscrições, os candidatos do curso de canto lírico aguardam os resultados da segunda fase do processo seletivo, que foi realizada na segunda-feira (9). Os aprovados serão anunciados na sexta-feira (13).

Passando ou não pelo processo seletivo, muitos prometem não abandonar o sonho de ser um músico profissional. É o caso da professora Jaqueline Martins Barbero, que participou este ano do concurso. ?Pretendo fazer aulas, estudar mais, tentar me aperfeiçoar para trabalhar com música. É o que amo?, revela.

Quem tentou e não conseguiu uma vaga, diz não pensar em desistir (Foto: Kazuo Watanabe/ Conservatório de Tatuí)
Alunos são preparados a cantar ópera até música popular (Foto: Kazuo Watanabe/ Conservatório de Tatuí)



Fonte: G1

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias