Enem Unip
Ser Universitario
 
STONE

Chefe de Hong Kong chama estudantes para diálogo

17/10/2014 - 13:06h

O chefe do governo de Hong Kong, Leung Chun-ying, afirmou, nesta quinta-feira (16), que deseja reabrir os diálogos com os estudantes que lideram as manifestantes no território que pertence a China.   

Leung disse que sempre manteve a vontade de conversar com os estudantes, que pedem a sua demissão do cargo. O chefe de governo avisou que poderá discutir com os manifestantes a "composição da comissão" que define os candidatos eleitorais no território.

"A política é a arte da possibilidade", disse Leung, que mais uma vez negou a possibilidade de Pequim dar autonomia total à escolha dos candidatos em eleições de Hong Kong. "Isso não pode ser mudado."

As declarações foram feitas em uma Entrevista coletiva, junto com a número dois de Hong Kong, Carrie Lam e o responsável pelas relações constitucionais, Raymond Tam. Desde o dia 28 de setembro, milhares de manifestantes da cidade ocupam diversas ruas de Hong Kong para pedir mais autonomia política na região. A próxima eleição em Hong Kong ocorre em 2017. (ANSA)



Fonte: Uol

Visa dia dos Pais

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias