IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Conheça alternativas de crédito estudantil que vão além do Fies

24/02/2015 - 02:01h

FinanciamentoFinanciamentos privados são opções para pagar graduação para quem não se encaixa nas novas regras do programa federal


Vagner Aparecido da Costa , utilizou o programa PraValer como alternativa ao Fies. Foto: Clayton de Souza/Estadão

As mudanças nas regras do Financiamento Estudantil (Fies), programa do governo federal que atende 1,9 milhão de estudantes, provocaram, nas últimas semanas, alvoroço nas Universidades. A procura por formas alternativas de financiamento aumentou e várias instituições passaram a subsidiar os juros das novas opções. Como alternativa, o pagamento da mensalidade escolar pode ser feito tanto por programas como o Pravaler, privado, como por financiamentos bancários ou até com a prestação de serviços, como na Bolsa Universidade, oferecida pelo governo paulista.

A Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) estima que as mudanças no Fies possam reduzir em até 20% o número de alunos beneficiados nas instituições de ensino privado. A Proteste (associação de defesa de consumidores) indica, então, alternativas para os alunos que estão em busca de crédito educativo.

Privado. Entre os bancos, o Itaú oferece crédito para alunos de universidades associadas e financia as 12 mensalidades do ano em até 24 meses. Como, porém, se incluem juros e outras taxas, é preciso ver se vale a pena, esclarece a advogada e coordenadora institucional da Proteste, Maria Inês Dolci. No caso dos alunos que não tiveram a renovação do Fies garantida, a advogada diz que eles podem tentar resolver a situação com alternativas momentâneas, que oferecem crédito em situações pontuais. Caso do HSBC, que dispõe de verba para emergências, emprestando dinheiro para quitar no máximo dois semestres de mensalidades. Já o Santander financia a compra de materiais escolares, crédito que pode ser utilizado por alunos e Professores. O estudante deve ver que linha será aplicada para seu perfil e necessidade. Precisa também avaliar as condições do crédito e compará-las, pois não são todas iguais, diz Maria Inês.

Pra Valer. Entre os programas que mais se aproximam do Fies está o Pravaler, que existe desde 2006 e financia até 100% da universidade. O programa já destinou R$ 1 bilhão para 50 mil alunos. As mudanças no Fies fizeram com que o número de cadastros no site do programa dobrassem nas três primeiras semanas de fevereiro, na comparação com o mês anterior. Se até outubro de 2014 só 20 universidades tinham parceria com o programa para subsidiar parcial ou integralmente os juros do financiamento, hoje este número chega a 200 instituições. Fazemos análise de crédito. O aluno precisa ter fiador e nome limpo. A renda, somada, deve ser duas vezes o valor da mensalidade, diz o diretor executivo Carlos Furlan, da Ideal Invest, empresa responsável pelo Pravaler.

Sem Enem. O programa não exige pontuação mínima no Exame Nacional Do Ensino Médio (Enem). Desta forma, o aluno pode fazer seu cadastro online e já tem resposta na hora, destaca Furlan.

O tecnólogo em redes de computadores Vagner da Costa, de 32 anos, formou-se na Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul) usando o Pravaler. Era um curso dois anos. Fiz o primeiro com recursos próprios, depois tive dificuldades financeiras. Não fui aprovado pelo Fies e só consegui o crédito privado, diz.

Costa paga a universidade e tem o pai como fiador. O acréscimo de juros é pequeno. Peguei R$ 3.100 emprestados e estou pagando R$ 3.600 em 12 vezes, detalha.

Há outras opções, como a Bolsa Universidade, do governo paulista, que, desde 2003, já atendeu 200 mil estudantes do ensino superior, que têm a Faculdade paga ao atuar nos fins de semana como educadores nas unidades do Programa Escola da Família.

Pravaler

Programa de crédito válido para calouros e veteranos. Juros de 0% a 2,19% ao mês

Site: creditouniversitario.com.br

Educa Mais Brasil

Programa da iniciativa privada. Oferece mais de 150 mil bolsas de estudo de até 70%

Site: educamaisbrasil.com.br

Bolsa Universidade

O governo de SP custeia 50% e o restante é assumido pelas universidades. O bolsista cumpre 8 horas de atividades na escola da família. Site: educacao.sp.gov.br

Cartilha sobre crédito Universitário da Proteste

Conheça direitos e deveres nas diversas modalidades de ensino. Site: estadao.com.br/e/dicafies

s privados são opções para pagar graduação para quem não se encaixa nas novas regras do programa federal


Vagner Aparecido da Costa , utilizou o programa PraValer como alternativa ao Fies. Foto: Clayton de Souza/Estadão

As mudanças nas regras do Financiamento Estudantil (Fies), programa do governo federal que atende 1,9 milhão de estudantes, provocaram, nas últimas semanas, alvoroço nas universidades. A procura por formas alternativas de financiamento aumentou e várias instituições passaram a subsidiar os juros das novas opções. Como alternativa, o pagamento da mensalidade escolar pode ser feito tanto por programas como o Pravaler, privado, como por financiamentos bancários ou até com a prestação de serviços, como na Bolsa Universidade, oferecida pelo governo paulista.

A Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) estima que as mudanças no Fies possam reduzir em até 20% o número de alunos beneficiados nas instituições de ensino privado. A Proteste (associação de defesa de consumidores) indica, então, alternativas para os alunos que estão em busca de crédito educativo.

Privado. Entre os bancos, o Itaú oferece crédito para alunos de universidades associadas e financia as 12 mensalidades do ano em até 24 meses. Como, porém, se incluem juros e outras taxas, é preciso ver se vale a pena, esclarece a advogada e coordenadora institucional da Proteste, Maria Inês Dolci. No caso dos alunos que não tiveram a renovação do Fies garantida, a advogada diz que eles podem tentar resolver a situação com alternativas momentâneas, que oferecem crédito em situações pontuais. Caso do HSBC, que dispõe de verba para emergências, emprestando dinheiro para quitar no máximo dois semestres de mensalidades. Já o Santander financia a compra de materiais escolares, crédito que pode ser utilizado por alunos e professores. O estudante deve ver que linha será aplicada para seu perfil e necessidade. Precisa também avaliar as condições do crédito e compará-las, pois não são todas iguais, diz Maria Inês.

Pra Valer. Entre os programas que mais se aproximam do Fies está o Pravaler, que existe desde 2006 e financia até 100% da universidade. O programa já destinou R$ 1 bilhão para 50 mil alunos. As mudanças no Fies fizeram com que o número de cadastros no site do programa dobrassem nas três primeiras semanas de fevereiro, na comparação com o mês anterior. Se até outubro de 2014 só 20 universidades tinham parceria com o programa para subsidiar parcial ou integralmente os juros do financiamento, hoje este número chega a 200 instituições. Fazemos análise de crédito. O aluno precisa ter fiador e nome limpo. A renda, somada, deve ser duas vezes o valor da mensalidade, diz o diretor executivo Carlos Furlan, da Ideal Invest, empresa responsável pelo Pravaler.

Sem Enem. O programa não exige pontuação mínima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Desta forma, o aluno pode fazer seu cadastro online e já tem resposta na hora, destaca Furlan.

O tecnólogo em redes de computadores Vagner da Costa, de 32 anos, formou-se na Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul) usando o Pravaler. Era um curso dois anos. Fiz o primeiro com recursos próprios, depois tive dificuldades financeiras. Não fui aprovado pelo Fies e só consegui o crédito privado, diz.

Costa paga a universidade e tem o pai como fiador. O acréscimo de juros é pequeno. Peguei R$ 3.100 emprestados e estou pagando R$ 3.600 em 12 vezes, detalha.

Há outras opções, como a Bolsa Universidade, do governo paulista, que, desde 2003, já atendeu 200 mil estudantes do ensino superior, que têm a faculdade paga ao atuar nos fins de semana como educadores nas unidades do Programa Escola da Família.

Pravaler

Programa de crédito válido para calouros e veteranos. Juros de 0% a 2,19% ao mês

Site: creditouniversitario.com.br

Educa Mais Brasil

Programa da iniciativa privada. Oferece mais de 150 mil bolsas de estudo de até 70%

Site: educamaisbrasil.com.br

Bolsa Universidade

O governo de SP custeia 50% e o restante é assumido pelas universidades. O bolsista cumpre 8 horas de atividades na escola da família. Site: educacao.sp.gov.br

Cartilha sobre crédito universitário da Proteste

Conheça direitos e deveres nas diversas modalidades de ensino. Site: estadao.com.br/e/dicafies


Fonte: Estadão

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias