IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Curso de medicina na UFRJ tem a maior nota de corte do Sisu 2014

11/01/2014 - 07:20h

O curso de medicina da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) apresenta, até o momento, a maior nota de corte do Sisu (Sistema De Seleção Unificada) 2014, segundo balanço divulgado pelo MEC (Ministério Da Educação) na tarde desta quinta-feira (9). O candidato precisa ter tirado no mínimo 822,9 pontos no Enem (Exame Nacional Do Ensino Médio) caso queira ingressar no curso.

A nota de corte é provisória e poderá mudar até o fechamento das inscrições, que ocorre às 23h59 de amanhã (10). Os candidatos podem acompanhar a classificação e as notas de corte diariamente no site do Sisu. Até o término do período de inscrições, também é possível alterar as opções de curso escolhidas. 

O curso de medicina na UnB (Universidade de Brasília) apresenta a segunda maior nota de corte, com 819,45 pontos, e tem concorrência maior do que a da UFRJ: são 135,10 candidatos por vaga na UnB, enquanto na UFRJ são 92,29. De acordo com o MEC, medicina tem 13 dos 20 cursos com as maiores notas de corte do Sisu.

A terceira maior nota de corte (817,15) foi registrada no curso de engenharia aeronáutica da UFU (Universidade Federal de Uberlândia). Já o curso de direito da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) tem a quarta maior nota de corte (811,52). Veja aqui a lista com as 20 maiores notas de corte do Sisu 2014. 

Recorde de inscritos

Sisu tinha 2.124.416 inscritos até as 12h desta quinta. O número ultrapassa o total de candidatos registrados na primeira edição de 2013 do Sisu, quando foram 1.949.958 inscritos. O recorde já havia sido batido no final do dia de ontem, com a marca de 2.004.110 candidatos.

São oferecidas 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior. 

Requisitos mínimos

Para concorrer a uma vaga, o candidato deve ter feito o Enem 2013 e não pode ter tirado zero na redação (veja quais foram os critérios de correção). O MEC não cobra taxa de inscrição no sistema.

O candidato poderá se inscrever em até duas opções de curso -- e precisa optar, no ato da inscrição, por participar de algum tipo de política afirmativa (cotas) ou por permanecer em "ampla concorrência"(sem bônus).

Durante o período de inscrição (até o dia 10 de janeiro), o interessado poderá alterar as opções de curso e também cancelar a participação no exame. A opção final é a que será considerada pelo sistema quando o prazo se encerrar.


Fonte: Uol

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias