Enem Unip
Ser Universitario
 
STONE

Editage apoia a discussão sobre os rumos da editoração científica no Brasil

19/11/2015 - 07:09h

A empresa de comunicação científica marca presença no XV ENEC e apresenta serviços que ajudam a facilitar, agilizar o trabalho e melhorar a qualidade dos periódicos brasileiros

Apostando na evolução do mercado brasileiro de editoração científica, a Editage participa pela primeira vez do ENEC - Encontro Nacional de Editores Científicos, que terá a sua 15ª edição realizada de 22 a 25 de novembro de 2015, em Florianópolis (SC). Durante o evento, promovido pela Associação Brasileira de Editores Científicos - ABEC Brasil, em comemoração aos seus 30 anos, serão abordados assuntos relacionados aos rumos da editoração científica, área com crescimento ainda tímido no país. 

O temário terá grande relevância para uma avaliação do atual cenário da pesquisa científica nacional. Em 2014, a gama de periódicos no Brasil listada pelo SCImago Journal Rank era composta por 328 títulos, elevação de apenas 2% em comparação a 2013. Apesar do crescimento tímido de revistas científicas no ranking, o Brasil foi o 13º colocado em número de documentos publicados, em 2014. Este ranking utiliza uma das maiores bases de dados científicos do mundo e engloba dezenas de milhares de publicações especializadas. 

Jayashree Rajagopalan, editora do Editage Insights, portal de conhecimento sobre a indústria de publicação científica, avalia que “a distribuição de muitos periódicos brasileiros não possui números relevantes fora da América Latina e as ferramentas de indexação não incluem muitos deles em seus bancos de dados. Como resultado, pesquisadores que estão presentes em publicações internacionais gozam de maior visibilidade”.

A Editage é uma das empresas patrocinadoras do evento e oferece serviços voltados para editoras científicas a fim de dinamizar os processos de publicação de artigos, elevando o padrão da linguagem e da qualidade técnico-científica dos artigos. Além de serviços de tradução para o inglês e revisão do inglês, são oferecidos serviços específicos para as revistas, como:

Triagem de manuscritos: Periódicos costumam receber uma quantidade elevada de manuscritos para serem avaliados. Há casos em que mais de 200 artigos por mês são apresentados a uma revista e a taxa de rejeição final atinge números superiores a 90%. Estes índices são ainda mais elevados em publicações internacionais de prestígio. Por esta razão, os artigos devem ser avaliados em uma triagem inicial, antes do encaminhamento aos pares revisores. Essa avaliação identifica a validade do trabalho levando em conta, entre outros aspectos, a adequação ao escopo editorial da revistae a presença de plágio. A Editage realiza essa triagem, facilitando e agilizando os processos de trabalho dos periódicos.

Revisão técnica ágil: A revisão científica dos manuscritos por pesquisadores da área é realizada usualmente por, no mínimo, dois pesquisadores voluntários, o que dificulta o atendimento da demanda em casos de alto volume de submissão. A Editage oferece suporte em parte desse processo, coordenando com pesquisadores da área a revisão crítica técnica (de conteúdo) do artigo, além de fornecer um relatório estruturado que guia autores a realizarem as modificações necessárias para publicação.

Sobre a Editage

Criada em abril de 2002 com o objetivo de acelerar a comunicação científica global, a Editage é uma divisão da Cactus Communications. Seus serviços e programas educacionais já apoiaram mais de 80 mil autores em 116 países no processo de publicação em periódicos de alta qualidade. Dispõe de uma das maiores equipes de editores trabalhando em tempo integral,  mais de 1400 editores com inglês como língua nativa e experts em publicação em mais de 1200 áreas do conhecimento. A Editage prioriza a alta qualidade de serviços e é parceira de renomadas editoras do mercado da publicação. 

A Editage, em comparação com as empresas de seu segmento em todo o mundo, tem o maior número de editores certificados pela BELS (Board of Editors in the Life Sciences) e CMPP (Certified Medical Publication Professional), além disso, conta com Sistemas certificados pelo ISO/IEC 27001:2013, que garante a segurança dos manuscritos. Por meio do Editage Insights, portal de educação, promove consistentes webinários e workshops, pelos quais já passaram mais de sete mil autores. Membro de organizações como o Committee on Publication Ethics (COPE), defende as práticas de publicação ética.

A Editage tem escritórios nos Estados Unidos, Índia, Japão, China, Singapura e Coreia do Sul e representantes locais no Brasil, em Taiwan e na Turquia.


Fonte: EPR Comunicação Corporativa

Visa dia dos Pais

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias