IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Estudantes tentam relaxar antes do 2º dia de prova e apostam até em coelho

05/01/2015 - 14:01h

Camila Rigo acredita que fazer carinho no coelho dela dá sorte (Foto: Luana Marques/G1)
A estudante Camila Rigo acredita que fazer carinho no coelho dela dá sorte (Foto: Luana Marques/G1)

Estudantes que prestam o Vestibular da Fuvest na Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo (EESC-USP), em São Carlos (SP), têm uma 'técnica' para ir bem no segundo dia de provas da 2ª fase: manter a calma. E para isso vale tudo, de músicas e pulseiras até carinho no coelho.

Camila Rigo, de 18 anos, sabe que o nervosismo pode atrapalhar e tem um ritual antes do exame, que presta para enfermagem. "Antes de sair de casa faço, carinho no meu coelho, acho que isso dá sorte", revelou. Ela contou ainda que no ano passado, quando prestou como treineira, usou uma pulseira que julgava dar sorte, mas a ação não deu muito resultado e ela abandonou a ideia. "Agora não uso mais", disse.

Samantha Araújo, de 17 anos, que presta o exame de olho em uma vaga no curso de letras, se disse surpresa por ter passado para a 2ª fase porque não fez cursinho. Para ela, o exame desta segunda (5), que reúne várias disciplinas, será mais difícil, principalmente as questões de matemática, e para obter um bom resultado ela optou por ouvir música. "Ouvir música me deixa feliz e geralmente quando eu fico feliz dá tudo certo".

Felipe Custódio tenta vaga no curso de engenharia da computação (Foto: Luana Marques/G1)
Felipe Custódio tenta vaga no curso de engenharia
da computação (Foto: Luana Marques/G1)

Felipe Custódio, de 19 anos, veio de longe para prestar a prova. Morador de Sinop (MT), ele tenta o curso de engenharia da computação em São Carlos. Nas outras duas vezes em que participou da Fuvest não passou para a segunda fase e espera uma prova mais complicada nesta segunda-feira, por ser mais abrangente do que a do 1º dia.

"Acredito que a parte de inglês será mais fácil e as outras terão o mesmo nível de dificuldade", afirmou. Para garantir sua vaga, ele tenta manter a calma pensando o mínimo possível na prova.

O mesmo faz André Cintra, que sabe como se dar bem na prova. Aos 28 anos, ele já foi aprovado duas vezes no curso de sistema de informação, em 2005 e 2009. Nas duas vezes, se matriculou e cursou alguns anos, mas abandonou a Faculdade. Como atua na área e precisa do diploma, presta o vestibular mais uma vez. "Estou tentando relaxar, quanto menos pensar na prova melhor".

Provas
A primeira lista de aprovados será divulgada no dia 31. A prova deste domingo valeu 100 pontos, sendo 50 destinados à redação.

Nesta segunda-feira (5), a prova também valerá 100 pontos e será composta por 16 questões de história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês.

Já a terceira prova será formada por 12 questões de duas ou três disciplinas, dependendo do curso escolhido. Se forem duas disciplinas, serão seis questões de cada uma delas. Se forem três disciplinas, serão quatro questões de cada. Essa prova também valerá 100 pontos.

Em todos os dias de exame será necessário apresentar um documento de identidade original. É necessário levar caneta esferográfica azul ou preta para o preenchimento do gabarito. É permitido também o uso de lápis ou lapiseira para rascunho, borracha, apontador, régua e compasso.



Fonte: G1

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias