IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Força de atrito acontece entre duas superfícies e permite o equilíbrio

21/08/2014 - 09:01h

Quando estamos caminhando, na maioria das vezes não percebemos que, para se equilibrar, é preciso pisar firme no chão. Para permanecer em pé, é essencial a força de atrito, como explicou o Professor Diego Mendonça, na reportagem de física desta quinta-feira (21), no Projeto Educação.

"A força de atrito não é uma força contrária ao movimento, mas contrária à tendência do movimento, à tendência do escorregamento. Quando caminhamos, empurramos o chão para trás, e o chão, por sua vez, nos empurra para a frente. É a terceira lei de Newton, ação e reação. E essa força trocada entre o solo e o pé é exatamente a força de atrito, explica o professor.

O mesmo fenômeno acontece quando se utiliza uma esteira rolante. "Força de atrito é uma força muito importante no nosso dia a dia. Sem ela, nós não conseguiríamos realizar tarefas aparentemente simples do nosso cotidiano, como, por exemplo, segurar um objeto, riscar um fósforo, caminhar, fazer com que um carro se desloque na rua, comentou Diego Mendonça. Em cima de uma esteira, o professor explicou que o que o faz se locomover é exatamente a força de atrito. Sem ela, cada vez que se tentasse subir na esteira, a pessoa iria escorregar.

No Recife, as pistas de boliche sempre estão lotadas, principalmente por adolescentes. Sempre que pode Vinícius Lopes vem jogar algumas partidas. Para vencer, ele precisa acertar a bola nos pinos. A pontuação máxima, chamada de strike, é alcançada quando todos caem. Tem que praticar, tem que ter o peso da bola também, porque quanto mais pesada a bola for, melhor, vai mais rápida, disse o estudante.

Professor Diego Mendonça explicou que o carro se movimente só em contato com o chão (Foto: Reprodução / TV Globo)
Professor Diego Mendonça explicou que o carro se
movimente só em contato com o chão
(Foto: Reprodução / TV Globo)

Tanto Vinícius quanto os outros jogadores precisam de sapatos especiais para jogar. A pista é bastante lisa, e eles podem escorregar. Essa característica do piso é para fazer a bola deslizar com facilidade. "Mesmo numa superfície aparentemente perfeitamente lisa vamos encontrar a presença da força de atrito, entre a superfície da bola e a superfície da pista. Quando lançamos a bola, a bola se desloca, mas ela também vai girar. Essa força é exatamente a força de atrito entre as duas superfícies. A força de atrito é entre superfícies, e não existe uma superfície que seja perfeitamente lisa, disse o professor.

Partindo para análise de um carro, se o motorista coloca a primeira marcha, tira o pé da embreagem e acelera, o carro começa a se movimentar e a gente percebe que as quatro rodas giram. Isso acontece com o carro no chão. Mas se o carro estiver suspenso, percebe-se que apenas as rodas dianteiras se movimentam. Segundo o professor, isso acontece porque apenas as rodas da frente são acionadas pelo motor. Se as rodas tenderiam a escorregar no sentido anti-horário, a força de atrito estaria no sentido horário, ou seja, fazendo o carro se movimentar para a frente. As rodas de trás apenas acompanham o movimento do carro, e elas giram devido à força de atrito. A força que o solo causa no pneu e a força que o pneu causa no solo, finalizou.


Fonte: G1

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias