IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Justiça ouve testemunhas de morte na Unicamp

16/12/2013 - 14:01h

Será realizada nesta segunda-feira, 16, a audiência de instrução dos três acusados pela morte do estudante Denis Papa Casagrande, de 21 anos, em Campinas (SP). Casagrande foi esfaqueado e espancado durante uma festa clandestina dentro do campus da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em 21 de setembro.

Dos réus, dois - o casal Maria Teresa Pelegrino, de 20 anos, e Anderson Mamede, de 21 - cumprem prisão preventiva desde outubro. O processo corre na 1ª Vara do Júri de Campinas, onde 22 testemunhas devem ser ouvidas no Fórum Central. Maria Teresa confessou ter dado uma facada no peito do estudante e alegou legítima defesa, de acordo com a polícia.

Segundo o Ministério Público (MP), os acusados esfaquearam e espancaram a vítima de forma cruel. Eles foram denunciados, com um terceiro acusado, André Motta, de 22 anos, por homicídio doloso triplamente qualificado (motivo fútil, meio cruel, com recurso que dificultou a defesa). Os maiores de idade podem ser condenados até 20 anos de prisão.

Outros dois menores acusados de participarem da morte do estudante serão encaminhados para a Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente) e podem ficar até três anos internados. Um deles tem 15 anos e o outro 18, mas no dia do crime tinha 17 anos.



Fonte: Uol

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias