IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

MEC avalia recursos apresentados por municípios antes de divulgar Ideb

02/09/2014 - 15:01h

O ministro da Educação Henrique Paim diz que Ideb será divulgado após análise dos recursos (Foto: Vanessa Fajardo/G1)
O ministro da Educação Henrique Paim diz que Ideb será divulgado após análise dos recursos (Foto: Vanessa Fajardo/G1)

O ministro da Educação, Henrique Paim, disse nesta terça-feira (2), após participar do Fórum de Educação promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais, em São Paulo, que o governo está avaliando os recursos registrados pelos municípios questionando o resultado do desempenho de suas escolas na Prova Brasil, antes de divulgar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Os índices já foram divulgados para as cidades que neste momento questionam os dados da Prova Brasil, que é base de cálculo para o Ideb.

"Nesta edição estamos com uma preocupação muito grande com os recursos que as escolas estão fazendo em relação à Prova Brasil. Logo que a gente concluir esse processo, faremos a divulgação", afirmou Paim.

Sobre o prazo, o ministro disse que o Professor Chico Soares, presidente do Inep, está tratando do assunto. Na última edição, em 2012, o Ideb foi divulgado em meados de agosto e mostrou que país superou metas no ensino fundamental e igualou no ensino médio (veja nos links ao lado).

O Ideb, divulgado de dois em dois anos, é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar para as unidades da federação e para o país, e a Prova Brasil para os municípios. O índice representa um meta de qualidade na educação, numa escala de zero a dez, divulgado a cada dois anos, que a entidade, seja escola, município ou estado, deve cumprir.

Questionado sobre o Enem, que será aplicado nos dias 8 e 9 de novembro, o ministro afirmou que o governo está trabalhando fortemente pois há uma grande responsabilidade do ponto de vista logístico. "Nós a cada ano temos avançado em relação ao acompanhamento de processo para que possamos dar a segurança necessária aos estudantes que a partir do Enem terão um conjunto de oportunidades."



Fonte: G1

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias