IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Mogiano larga emprego para prestar Enem e pode escolher entre 6 federais

14/01/2015 - 12:01h

Felipe Lintz, de Mogi das Cruzes atingiu 820 pontos na redação do Enem. apenas 1,8% dos candidatos atingiram a nota (Foto: Felipe Lintz / Arquivo Pessoal)
Felipe Lintz, de Mogi das Cruzes, atingiu 820 pontos na redação do Enem. Apenas 1,8% dos candidatos conseguiram a nota (Foto: Arquivo Pessoal)

Depois de largar o Emprego e estudar sozinho, o estudante de Mogi das Cruzes Felipe Augusto Tedeschi Lintz, de 19 anos, obteve 820 pontos na redação do Exame Nacional Do Ensino Médio (Enem). Segundo balanço do Ministério da Educação, apenas 1,8% dos candidatos obtiveram esta nota em redação em todo o País. Com o desempenho e a nota alcançada em outros requesitos da prova, o mogiano, que quer cursar geografia, tem condições de ser aceito em pelo menos seis Universidades federais e duas estaduais. O jovem obteve acesso ao resultado da prova na noite de terça-feira (13).

Sai do trabalho para me dedicar integralmente aos estudos. Durante cinco meses eu estudei 8h por dia, de domingo a domingo."

Felipe Augusto Tedeschi Lintz

Em Entrevista ao G1 nesta quarta-feira (14), Felipe contou que se esforçou muito para ter bom desempenho. "Sai do trabalho para me dedicar integralmente aos estudos. Durante cinco meses eu estudei 8h por dia, de domingo a domingo. Não foi fácil, mas eu sabia que poderia chegar lá. Fiquei um pouco surpreso com o tema da redação, mas consegui ir bem", destacou. Felipe trabalhava em uma lan house no centro de Mogi das Cruzes.

O estudante conta que apesar de ter se surpreendido com o tema da redação "Publicidade Infantil  em questão no Brasil", está feliz com o resultado. O jovem soube que apenas 1,8 % dos candidatos, o equivalente a 112.522 participantes que prestaram a prova, conseguiram atingir entre 800 e 900 pontos na redação através de um blogueiro especialista em Enem. "Eu ficava atualizando de minuto a minuto para saber novidades da divulgação dos resultados. Depois fui conferir o dado e vi numa reportagem o Ministério Da Educação confirmando as informações sobre as redações. Fiquei muito feliz! A redação foi a minha porta de entrada para as universidades federais", comentou.

Com o desempenho na prova, o aluno comparou com a nota de corte aplicada pelas universidades no ano passado. "Eu tenho de 30 a 40 pontos a mais do que as notas de corte. É uma boa folga. Apesar de ter encontrado muita dificuldade em matemática, matéria que não me identifico, estou muito feliz".

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), em Chapecó (SC); Universidade Federal de Pelotas (UFPel, em Pelotas (RS); Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), Cuiabá (MT); Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande (MS); Univesidade Federal de Alagoas (UFAL), em Maceió (AL); Universidade Federal de Sergipe (UFS), em São Cristóvão (SE), além da Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat) e Universidade Estadual Paulista (Unesp), são opções de unidades onde o jovem poderá estudar o curso de Geografia.

"Vou escolher para onde vou, provavelmente quero me matricular na Unesp. Só estou esperando as incrições abrirem", disse. As inscrições para o Sistema De Seleção Unificada (Sisu) serão abertas na próxima segunda-feira, dia 19.



Fonte: G1

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias