IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Nova regra do Fies eleva disputa para vagas de medicina

10/08/2015 - 06:01h

O acesso a uma vaga de medicina pelo Fies (Fundo De Financiamento Estudantil) exigiu desempenho elevado dos candidatos no Enem.

Se, até o ano passado a nota da prova não era pré-requisito para acesso ao programa federal, agora é preciso pontuação mínima de 450 e nota acima de zero na redação.

Em medicina, no entanto, a nota de corte média nesta edição, segundo dados tabulados pela Folha, foi de 717,7.

A média geral dos formados no ensino médio no exame foi de 499 pontos.

Ao todo, o MEC ofertou 655 vagas para financiamento da medicina, de 61,5 mil disponíveis nesta edição do Fies (1% do total). Em 2014, do total de 731.723 novos contratos, 10.716 foram para estudantes da graduação (1,46%).

Na tarde de ontem, a maior nota de corte em medicina era para a disputa de uma das quatro vagas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de SP: 788,62. O prazo de inscrição acabou nesta quinta (6), e o resultado será divulgado segunda-feira (10).

Além da exigência de pontuação mínima no Enem, o Ministério Da Educação definiu outros parâmetros para oferta do financiamento, como região da oferta.

Assim, Estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste (exceto o Distrito Federal) têm prioridade no processo.

Essa distribuição, no entanto, gerou críticas de estudantes. No DF, por exemplo, não há contratos disponíveis para medicina.

"Agora, só vai passar a entrar [em medicina] quem tem condição financeira", afirma Auro Paiva Júnior, coordenador-geral de centro acadêmico da UCB (Universidade Católica de Brasília).

A instituição informou que o MEC indicou os cursos que poderiam receber o financiamento –entre eles, não estava o de medicina. A pasta nega. "A ausência de vagas de medicina no DF não decorre da priorização de regiões", informou o ministério.

Segundo o MEC, as instituições tiveram chance de indicar o número de vagas que queriam oferecer em todos os cursos com conceito positivo.


Fonte: Uol

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias