IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

Prefeitura de São Paulo anuncia reajuste de 15% aos professores

09/05/2014 - 16:01h

Guilherme Soares Dias - Especial para O Estado

SÃO PAULO - O piso salarial dos Professores municipais de São Paulo foi reajustado em 15,38%, passando de R$ 2,6 mil para R$ 3 mil a partir de maio. O aumento se refere a professores com nível superior que cumprem 40 horas semanais. O reajuste neste ano será dado por meio de abono complementar e começa a ser incorporado ao salário a partir do ano que vem. "A velocidade e os porcentuais da incorporação ainda serão definidos", disse o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), durante anúncio do aumento.

Haddad destacou o esforço da prefeitura para realizar o reajuste. "Esse é um dos melhores salários iniciais e também temos uma das melhores carreiras", destacou o prefeito lembrando que um Professor com 25 anos de casa passará a ganhar R$ 8,8 mil (salário final).  "A categoria estava há 4 anos sem aumento no piso e essa é uma iniciativa para valorizar os profissionais de educação", disse o secretário municipal de educação Cesar Callegari. Os professores municipais estão em greve desde o dia 23 de abril.

Além do reajuste, o prefeito anunciou a contratação de 3.534 professores efetivos por meio de concurso que deve ter inscrições abertas entre 26 de maio e 12 de junho. As provas estão previstas para julho e o início das contratações deve ocorrer no fim do ano.

Também foram anunciados o reajuste dos pisos dos diretores de escola (que passa de R$ 4.188 para R$ 4.832), dos supervisores escolares (de R$ 4.460 para R$ 5.146) e dos coordenadores pedagógicos (de R$ 3.692 para R$ 4.260). Os demais funcionários da educação que não ganham o piso terão aumento de 13,43%. Dessa forma, o reajuste chegará a 71 mil profissionais em atividade e a outros 21 mil aposentados. O impacto na folha de pagamento será de R$ 622 milhões neste ano.



Fonte: Estadão

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias