IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

UNIFESO promove conferência sobre as doenças causadas pelo Aedes Eegypti

25/02/2016 - 16:29h

UNIFESO promove conferência sobre as doenças causadas pelo Aedes Eegypti

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizou no dia 19 de fevereiro a conferência “Doenças Infecciosas e suas (novas) faces: a emergência dos vírus dengue, chikungunya e zika no Brasil”, com a  Profa. Dra. Andréia Patrícia Gomes, médica infectologista  e professora da Universidade Federal de Viçosa. O evento foi realizado em dois horários, para uma plateia formada por alunos e Professores.

De acordo com a conferencista, o grande desafio é estabelecer esquemas de proteção como existem para outras doenças que são consideradas sob controle. “Zika e chikungunya são duas viroses muito novas, que chamamos de emergentes. Estamos em um momento em que elas estão em plena atuação, um momento crítico porque está se fazendo uma relação do zika vírus com a microcefalia. É importante que os profissionais de saúde entendam como se dá esse processo e disseminem essas informações na comunidade porque  muitas notícias que estão circulando são falsas, são ruins e isso gera pânico, o que não é bom para nada”, alertou a professora Andréia Patrícia Gomes.

A professora Mariana Arcuri, diretora do Centro de Ciências da Saúde (CCS) do UNIFESO, afirmou que o evento foi ao encontro do objetivo do Dia Nacional de Mobilização da Educação contra o zika, promovido pelo governo federal. “Hoje também inauguramos o Ciclo de Debates Atualidades em Saúde, e a ideia é que seja realizado durante todo o ano. Começamos com a presença muito especial da professora Andréia Patrícia Gomes, que já foi do UNIFESO e veio para compartilhar conosco a experiência que tem sobre dengue, zika e chikungunya. Nossa intenção é que avancemos para discutir outros temas  que também são muito atuais ao longo do ano”, disse a professora Mariana.

Pedo Henrique Martins de Oliveira, estudante de Medicina, afirmou que “na medicina as coisas mudam muito rápido, mesmo durante o curso surgem doenças novas e é preciso estar sempre atento. É muito importante que a Instituição promova eventos de atualização para melhorar nossa prática clínica, e o UNIFESO sempre promove este tipo de evento. É um prazer estar aqui em um encontro com uma profissional como a professora Andréia Patrícia”.

O interesse pela palestra foi tão grande que nem todos conseguiram se inscrever e assim a direção do CCS decidiu marcar para o dia 5 de março uma nova edição da conferência. “Entendemos que é muito importante ter esse espaço para discutir dengue, zika e chikungunya e as relações disso com o aumento dos casos de microcefalia no Brasil. Não conseguimos contemplar a demanda, então a professora Andréia volta no dia 5 de março para a mesma conferência e vamos abrir inscrições para todos que não conseguiram se inscrever nesse evento”, informou a professora Mariana Beatriz Arcuri.


Fonte: Unifeso

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias