IFOOD DELIVERY
Ser Universitario
 
STONE

USP muda bônus para alunos de escolas públicas em vestibular

05/06/2014 - 19:01h

A USP (Universidade de São Paulo) anunciou nesta quinta-feira (5) uma alteração no sistema de bonificação para alunos egressos de escolas públicas. Desse modo, o benefício será concedido integralmente a todos os estudantes da rede pública que acertarem mais de 27 questões na prova do Vestibular da Fuvest.

Até o ano passado, o bônus era proporcional ao desempenho do candidato na prova. A medida vale a partir do próximo vestibular.

A USP também informou que o bônus vai contar na nota da primeira fase, até então o acréscimo só entrava na nota final do candidato. Com isso, a universidade diz que as notas de corte dos cursos devem subir dois pontos.

Neste ano, 32,3% dos alunos que entraram na USP estudaram em escolas públicas --um recorde. Em 2013, esse número era de 28,5%. Com as mudanças anunciadas hoje, a universidade espera que em 2015 38% dos estudantes sejam oriundos da rede pública de ensino.

Inclusão

O programa de inclusão da USP, conhecido como Inclusp, concede uma bonificação de até 15% da nota na primeira fase do vestibular. Já pelo Pasusp, programa de avaliação seriada também voltado a estudantes de escolas públicas, o bônus pode ser de até 20%. O estudante também pode receber um acréscimo de 5% caso se declarare preto, pardo ou indígena.

Bônus da USP

  • Inclusp Ensino Médio - aluno que cursou ou esteja cursando ensino médio em escola pública

  • Inclusp Ensino Básico - aluno que cursou ensino fundamental na rede pública e tenha cursado ou esteja cursando, integralmente, o ensino médio em escola pública

  • Bônus PASUSP - concedido a candidato que cursou integralmente o ensino fundamental na rede pública e que esteja cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio em escolas públicas

  • Bônus PPI-EB: candidato inscrito no vestibular na condição de Inclusp Ensino Básico e que se declararem pretos, pardos e indígenas


Pelo Inclusp foram inscritos 60.683 estudantes no vestibular 2014 e 27.995 estudantes se candidataram pelo Pasusp.

Sem vestibular

No dia 9 de junho a USP começa a discutir novas formas de ingresso na universidade a partir do vestibular 2016. A ideia é oferecer outras opções, como a busca de talentos em olimpíadas científicas, principalmente as relacionadas às áreas de ciências básicas, como matemática, química e física.

AVISO: Os dados da agenda são fornecidos pelas Universidades. Recomenda-se confirmar as datas nos sites oficiais para prevernir-se de alterações não informadas ao UOL



Fonte: Uol

STONE EMPREENDEDOR

Compartilhe e exponha sua opinião...

Mais notícias
Veja todas as noticias